Licenciatura em Serviço Social

Objetivos do Curso

A licenciatura em Serviço Social, consagrando uma articulação complexa de saberes teóricos (multidisciplinares), metodológicos e operativos, visa capacitar os futuros assistentes sociais para a análise crítica, avaliação e transformação de contextos e políticas sociais, sob o enfoque da qualidade de vida, do desenvolvimento social, dos direitos humanos e da Justiça Social. Mediante a utilização fundamentada de conhecimentos sobre o comportamento humano e sobre os sistemas sociais, políticos e económicos, o Serviço Social constitui-se como um mecanismo primordial, e amplamente reconhecido, na resposta a necessidades e problemas sociais, complexos e transversais, no planeamento, avaliação e execução de políticas sociais, bem como na construção de estratégias integradas de reconstituição da coesão social e de efectivação do desenvolvimento humano e territorial.Curso estruturado em 7 semestres com estágio curricular pré profissional no último semestre de estudos.

Condições de Acesso e Ingresso

As condições de acesso e ingresso estão definidas no artigo 28.ºdo Regulamento n.º315 de 19 de agosto, podendo os candidatos ingressar no Ciclo de Estudos (CE) através do Concurso Nacional de Acesso (CNA), Regimes Especiais, Concursos Especiais, Mudança de Curso, Reingresso ou Transferência.No que se refere ao CNA, os candidatos devem ter aprovação num curso de ensino secundário ou habilitação legalmente equivalente e realizar uma das seguintes provas específicas: 02 Biologia e Geologia (B);04 Economia; 18 Português, obtendo uma classificação mínima de 100 (Nota de Candidatura e Provas de Ingresso). A nota de candidatura é calculada mediante a aplicação da seguinte formula de cálculo: Média do secundário: 50%; Provas de ingresso: 50%. As condições de ingresso estão definidas na regulamentação aplicável.Pode ainda receber estudantes estrangeiros no âmbito de programas de mobilidade.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta à página da Direção Geral do Ensino Superior (DGES) e/ou a página dos Candidatos. Consultar página web da DGES e dos Candidatos

Saídas Profissionais

Segurança Social (planeamento e intervenção comunitária; proteção de crianças e jovens; adoção; execução, planeamento e avaliação de políticas sociais; emergência social; avaliações sobre respostas e equipamentos sociais); Saúde (contexto hospitalar, cuidados primários, especializados e continuados; prevenção dos comportamentos aditivos e a diminuição das dependências); Educação (intervenção precoce; integração escolar; ação social escolar); Justiça e Reinserção Social (Justiça de adultos e juvenil; serviços prisionais; centros educativos, gabinetes de apoio a vítimas); Trabalho e Emprego (centros de emprego; centros de formação profissional e escolar; empresas e serviços públicos e privados; empresas de inserção e cooperativas); Autarquias (intervenção e mediação social comunitária; habitação; estudos de diagnóstico e planeamento de intervenção social local); IPSS´s, Fundações, ONG’s e Associações de Desenvolvimento Local e Regional; Docência e Investigação.

Regime de Estudo

Presencial, Tempo integral

Língua(s) de Aprendizagem / Avaliação

Português

Regras de Avaliação

Sendo a avaliação uma atividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respetivas unidades curriculares no ano letivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária. Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projetos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente. A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores. Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública pela ficha anual de unidade curricular.

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

A evolução das sociedades contemporâneas e o novo conjunto de problemáticas e de desigualdades confrontam o Serviço Social com exigências renovadas, em termos sociais, políticos e económicos, e com a necessidade de uma formação que permita uma compreensão global, uma intervenção pertinente e uma reflexão/argumentação fundamentada face a contextos e populações heterogéneas e em mutação. Assim sendo, o mandato social e político que é atualmente consignado ao SS pressupõe a utilização de um conjunto de processos, estratégias e técnicas que permitam não apenas responder a problemas sociais e executar políticas, mas também, e sobretudo, “promover a mudança social”,constituir-se como agente de mediação social, institucional e interpessoal, contribuindo para a avaliação de políticas sociais e de macro, micro e meso contextos, dinâmicos e plurais, e para a reconstituição do tecido societal e o fortalecimento da cidadania e da participação.

Coordenador(es) do Curso

Joana Carla Marques Vale Mendes Guerra
uc37684@uc.pt

Coordenador de mobilidade

Clara Maria Rodrigues Cruz Silva Santos
clarasantos@fpce.uc.pt

Lisete Santos Mendes Mónico
lisete_monico@fpce.uc.pt

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia

O reconhecimento da aprendizagem prévia é efetuada de acordo com o Regulamento Académico da Universidade de Coimbra.

Enquadramento Legal da Qualificação

A qualificação tem enquadramento no Decreto-Lei nº 74/2006 de 24 de março, na sua redação atual

Requisitos para Obtenção da Qualificação

Para obtenção do grau de Licenciado em Serviço Social os alunos deverão concluir com sucesso as uc obrigatórias e as uc optativas que selecionaram de modo a preencher os 210 ECTS segundo o descrito no plano de estudos.

Acesso a um Nível de Estudos Superior

Acesso a estudos de 2º Ciclo.

Plano de Estudos

Serviço Social

Ano lectivo
2022-2023

Tipo de Curso
1º Ciclo - Licenciatura

Código DGES: 9238

Qualificação Atribuída: Licenciado

Duração: 7 Semestre(s)

Créditos ECTS: 210.0


Candidaturas

Avisos de Abertura


Calendário

1º Semestre
Data de início: 12-09-2022
Data de fim: 17-12-2022
2º Semestre
Data de início: 06-02-2023
Data de fim: 20-05-2023

Acreditações

Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
2020-07-31 a 2026-07-30
Direcção Geral de Ensino Superior
2014-11-04

Documentos

25_2011_Relatório final da Comissão de Avaliação Externa

17_2011_Guião de autoavaliação

19_2011_Relatório preliminar da Comissão de Avaliação Externa

27_2011_Decisão do Conselho de Administração