Pobreza, Exclusão e Necessidades Educativas Especiais

Ano
0
Ano lectivo
2019-2020
Código
02032519
Área Científica
Ciências da Educação
Língua de Ensino
Português
Modo de Ensino
Presencial
Duração
Semestral
Créditos ECTS
6.0
Tipo
Opcional
Nível
2º Ciclo - Mestrado

Conhecimentos de Base Recomendados

Os estudantes devem possuir competências intermédias de escrita/conversação em língua Portuguesa, Inglês e Castelhano

Métodos de Ensino

Nesta Unidade Curricular privilegiam-se os métodos ativo e expositivo, embora sejam mobilizados diversos métodos e estratégias nas aulas. Tendo em consideração o teor teórico-prático da Unidade Curricular serão abordados casos práticos, debatidas intervenções, analisados documentos legais e contrastadas práticas, sendo neste contexto priviligiado o método ativo. À exposição de conteúdos acresce ainda a utilização dos métodos interrogativo (e.g. análise de práticas) e demonstrativo.

Resultados de Aprendizagem

Pretende-se que os/as alunos/as demonstrem ter adquirido conhecimentos necessários à análise da relação entre as problemáticas da pobreza, exclusão e das necessidades educativas especiais, em específico no que concerne aos impactos diferenciais das duas primeiras no desenvolvimento de NEE de carácter temporário e permanente. Visa-se, ainda, a promoção da capacidade de reflexão crítica sobre estes constructos, tendo em conta os seus referenciais (teóricos, metodológicos e de implementação)  e as implicações da sua mobilização em contextos múltiplos (formais, não formais e informais). Pretende-se, em acréscimo, que os alunos desenvolvam competências técnicas de planificação, intervenção e avaliação de modelos e programas neste domínio. Por fim, os/as alunos/as procederão à análise do perfil de competências dos/as profissionais em Ciências da Educação nesta área de intervenção específica.

Estágio(s)

Não

Programa

 1. Âmbito

Finalidades; Definição dos conceitos-chave; Fundamentação

2. Pobreza e exclusão social em economias avançadas

Abordagens tradicionais e contemporâneas; Indicadores de análise (e.g., económica, social, educativa) ; Modelos de intervenção; Tendências prospetivas

3. Pobreza, exclusão e necessidades educativas especiais

Mitos e evidências científicas da (não) relação entre pobreza, exclusão e NEE (de caráter permanente ou temporário); Impactos diferenciais da pobreza e exclusão na qualidade de vida de crianças e famílias; Modelos de intervenção [matriz individualizante, familiar e comunitária;tipo  preventivo, remediativo e/ou capacitador): a especificidade da ação educativa especializada;

4. Contextos de privação severa: Singularidades da situação de sem-abrigo

Abordagens  (teoria "sobrevivendo às ruas"); Impactos na pessoa e significativos; estratégias de intervenção educativa

5. Perfil de competências do/a Profissional em Ciências da Educação nesta área 

Métodos de Avaliação

Avaliação contínua
Frequência: 50.0%
Projecto: 50.0%

Avaliação final
Exame: 100.0%

Bibliografia

Croll, P. (2002). Social deprivation, school-level achievement and special educational needs. Educational Research, 44(1), 43-53.

Gorski, P., & Landsman, J. (2014). The poverty and education reader: A call for equity in many voices. Sterling: Stylus Publishing.

Mairos Ferreira, S., & Redruello, D. (2011). (ir)Responsabilidade nas trajectórias de vida: Perspectiva dos sem-abrigo,sobre o cuidado em família e na comunidade. In T. Pereira, & G. Oliveira, Cuidado e responsabilidade (pp. 337-350). São Paulo: Atlas.

Milesa, S., & Singala, N. (2010). The Education for All and inclusive education debate: conflict, contradiction or opportunity?.  International Journal of Inclusive Education, 14 (1), 1-15.

Slee, R. (2010). The irregular school: Exclusion, schooling and inclusive education. New York: Routledge.

Thomas-Presswood, T., & Presswood, D. (2007). Meeting the Needs of Students and Families from Poverty: A Handbook for School and Mental Health Professionals. Baltimore: Brookes Publishing.