Atelier Projeto I D

Ano
4
Ano lectivo
2021-2022
Código
02028092
Área Científica
Urbanismo
Língua de Ensino
Português
Outras Línguas de Ensino
Inglês
Modo de Ensino
Presencial
Créditos ECTS
20.0
Tipo
Opcional
Nível
2º Ciclo - Mestrado

Conhecimentos de Base Recomendados

1º Ciclo de Estudos completo. São considerados como determinantes para o desenvolvimento do trabalho o domínio e prática do desenho arquitetónico -  incluindo o desenho assistido por computador -, bem como o da construção de maquetas.

Conhecimentos históricos e teóricos de ordenamento do território e do urbanismo.

Competências básicas em análise, síntese, organização e planeamento.

Métodos de Ensino

Teóricas:exposição/debate de conceitos/teorias dos conteúdos programáticos

Teórico-práticas:acompanhamento direto/continuado do discente no desenvolvimento de1exercício prático

Palestras de professores e profissionais convidados de urbanismo, arquitetura, direito administrativo e economia

Visitas de estudo às áreas de intervenção e lugares exemplares

Avaliação:contínua (trabalho em grupo e proposta individual de projeto urbano,comrelatório); assiduidade:70% participação nas aulas;sessões de discussão

O não cumprimento de1fase determina1classificação final negativa:reprovação sem exam recurso

Resultados de Aprendizagem

Com a Unidade Curricular Atelier de Projeto I D - Território e Paisagem inicia-se a fase final de um trajeto de simulação projetual desenvolvido ao longo do Curso de Mestrado Integrado em Arquitetura. Ela oferece temáticas e programas elegíveis pelo aluno, para que possa completar ou enriquecer o seu percurso académico, desenvolvido dentro e ou fora do DARQ/FCTUC.

No Atelier de Projeto I  D - Território e Paisagem o aluno deverá:

- compreender e ensaiar os instrumentos e escalas do projecto da paisagem e do ambiente urbano;

- conhecer as problemáticas tipicamente associadas aos territórios ambientalmente sensíveis e ensaiar o cruzamento com as políticas de urbanização, e com as práticas mais comuns de apropriação e uso do solo;

- compreender as estratégias de adaptação e mitigação dos efeitos decorrentes das alterações climáticas.

- aplicar esses conhecimentos sobre uma área de intervenção, previamente seleccionada pelo docente, em território português.

Estágio(s)

Não

Programa

Integrados em grupos de trabalho, os alunos devem desenvolver uma estratégia geral, e analisar e compreender:

- o suporte geofísico da área da intervenção e a sua evolução histórica, bem como o papel das preexistências físicas, naturais ou construídas;

- todos os programas arquitetónicos, preexistentes ou propostos, que devem investigar e desenvolver;

- o enquadramento nas políticas territoriais e urbanas existentes.

Depois, os alunos exploram em pares/individualmente um setor particular da área de intervenção, onde aprofundam diferentes escalas do Projeto de Paisagem, com incursão no projeto urbano e desenho de espaço público. Dá-se particular importância ao (re)desenho de áreas sensíveis e à condição natural dos ambientes, adequando-os a novas procuras, usos e vivências, integrando os programas  relevantes para a regeneração da área.

Os trabalhos finais são alvo de debate aberto, através da organização de exposições e colóquios com especialistas e cidadãos, em regime de workshop.

Docente(s) responsável(eis)

Adelino Manuel dos Santos Gonçalves

Métodos de Avaliação

Avaliação Contínua
Trabalho de investigação: 10.0%
Trabalho de síntese: 10.0%
Outra: 10.0%
Trabalho laboratorial ou de campo: 10.0%
Outra: 10.0%
Projecto: 50.0%

Bibliografia

AAVV. (1996), Presente y Futuros: arquitectura en las ciudades, XIX Congreso da UIA, Barcelona.

ASCHER, F. (2004), Los Nuevos Principios del Urbanismo. Madrid: Alianza Ensayo.

CORBOZ, A. (2001), Le Territoire comme palimpseste et autres essais, Besançon: Les Éditions de L’Imprimeur.

HALL, P. (2000), Cities in Civilisation, London: Weidenfeld.

KOSTOV, S. (1991-2), The City Shaped / The City Assembled. London: Thames & Hudson (2 vols.).

PORTAS, N., DOMINGUES, A. CABRAL, J. (2003), Políticas Urbanas. Tendências, Estratégias, Oportunidades, Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Portas, Nuno et al. (2011). Políticas Urbanas. Transformações, regulação e projectos. II. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Domingues, Álvaro (ed.) (2006). Cidade e democracia. Trinta anos de transformação urbana em Portugal. Lisboa: Argumentum.

Portas, Nuno et al. (2003). Políticas Urbanas. Tendências, estratégias e oportunidades. I. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Solà-Morales, Manuel (1999) . “Progetto Urbano”. Lotus Quaderni Documents, 23, 60-79.

Obs: A bibliografia base é complementada ao longo do semestre com referências específicas dos conteúdos programáticos.