Estudos de Língua e Cultura

Ano
1
Ano lectivo
2019-2020
Código
02025940
Área Científica
Língua/Linguística/Cultura
Língua de Ensino
Português
Outras Línguas de Ensino
Inglês
Modo de Ensino
Presencial
Duração
Semestral
Créditos ECTS
10.0
Tipo
Opcional
Nível
2º Ciclo - Mestrado

Conhecimentos de Base Recomendados

Conhecimentos de cultura inglesa e americana; domínio básico de instrumentos de descrição linguística; conhecimentos avançados de inglesa.

Métodos de Ensino

Os conteúdos teóricos da unidade curricular serão expostos através de aulas expositivas e práticas, sempre apoiadas em documentos da época e corpora linguísticos que ilustram casos concretos. Os estudantes serão motivados a participar na análise e discussão dos materiais de estudo e a fazer apresentações orais individuais. A avaliação compreende ainda a elaboração de um ensaio individual sobre o “estado da arte”.

Resultados de Aprendizagem

Esta unidade curricular tem por objetivo proporcionar uma reflexão linguística sobre a história social e cultural da língua inglesa, em contextos nacionais, coloniais e internacionais. No final desta unidade curricular, os mestrandos deverão estar aptos a:
a) Identificar factores políticos, culturais e tecnológicos que determinaram o desenvolvimento e constituição da língua inglesa como língua nacional, língua de contacto, língua segunda e língua global.
b) Identificar etapas na história do Inglês, com base em propriedades lexicais e gramaticais.
c) Compreender e analisar criticamente as políticas de línguas na Grâ-Bretanha e nos Estados Unidos decisivas na construção do ‘standard English’ e a definição da norma escrita.
d) Conhecer a especificidade dos ‘New Englishes’, das variedades de contacto americanas (‘Black American English’ e ‘Hispanic English’) e das línguas crioulas.

Estágio(s)

Não

Programa

1. A imposição hegemónica da língua inglesa no espaço britânico e americano; eventos históricos e sócio-culturais que determinaram o domínio do Inglês;

2. Evolução do Inglês desde as origens à época moderna: a distinção lexical e gramatical entre Old English, Middle English e Modern English. Caracterização dos contextos históricos subjacentes.

3. A construção do ‘Standard English’: o papel instrumental da imprensa, da escrita literária e do discurso científico na fixação de uma norma culta.

4. A língua inglesa em contacto com outras línguas no espaço colonial e a a emergência de ‘New Englishes’ e de línguas crioulas; contacto linguístico no espaço americano e o desenvolvimento de Black American English e de Hispanic English).

5. A construção do Inglês como língua global e consequências sociais, culturais e linguísticas da globalização.

N.B. O Programa e a bibliografia poderão variar de edição para edição, dependendo do/a docente responsável.

Métodos de Avaliação

Avaliação Contínua
Participação, apresentação oral e outros elementos: 40.0%
Trabalho de investigação: 60.0%

Bibliografia

Algeo, J. (Ed.). (2001). The Cambridge History of the English (Vol 6. English in North America. Cambridge: CUP.HolmJ. (1988-89). Pidgins and creoles. 2 vols. CambridgeCUP.

Knowles, G. (Ed.). (1997). A Cultural History of the English Language. London: Arnold.

Leith, D. (Ed). (1997). A Social History of English. London: Routledge.

Momma, H.& Matto, M. (Eds.). (2008). A Companion to the History of the English Language. Malden: Blackwell Publishing.

Kemenade, A.& Los, B. (Eds.).(2006). The Handbook of the History of English. Malden: Blackwell Publishing.

Schneider, E. (2007). Postcolonial English: Varieties around the world. Cambridge: Cambridge University Press.

Wierzbicka, A. (2006). English: Meaning and Culture. Oxford: OUP.