História da Lógica

Ano
0
Ano lectivo
2018-2019
Código
01013562
Área Científica
Filosofia
Língua de Ensino
Português
Modo de Ensino
Presencial
Duração
Semestral
Créditos ECTS
6.0
Tipo
Opcional
Nível
1º Ciclo - Licenciatura

Conhecimentos de Base Recomendados

NA

Métodos de Ensino

1) Exposições teóricas e aplicadas por parte do docente (40%)

2) Leitura e interpretação de textos dos mais importantes autores em cada período da história da lógica (30%).

3) Exposições orais e escritas por parte dos alunos (30%)

4) Deveres de leitura como trabalho de casa.

Resultados de Aprendizagem

Os alunos devem ser capazes:

1) de descrever não só os principais aspetos de cada período da história da lógica mas também as tendências fundamentais do desenvolvimento desta desde a Grécia antiga aos nossos dias;

2) de apresentar alguns dos principais problemas e tendências da filosofia da lógica contemporânea.

Estágio(s)

Não

Programa

1. A lógica na Grécia antiga: a) os problemas da lógica em Platão; b) os silogismos categóricos de Aristóteles; c) os estóicos.

2. A lógica medieval: a teoria da “suppositio” e a controvérsia a respeito dos universais.

3. A modernidade e a ideia de uma “lógica filosófica”: de Descartes e Kant a Hegel.

4. As fundações filosóficas da lógica contemporânea: Frege, Russell e Wittgenstein.

5. Quine e a filosofia da lógica contemporânea.

Docente(s) responsável(eis)

Henrique Carlos Jales Ribeiro

Métodos de Avaliação

Avaliação final
Exame: 100.0%

Avaliação contínua
Avaliação ao longo do semestre, sendo a soma dos restantes itens igualmente : 100.0%

Bibliografia

Aristóteles (1968). Organon, nouvelle traduction et notes par J. Tricot, Paris: Vrin.

Cícero, M. T. (2000). Las paradojas de los estóicos, trad. J. P. Alvarez, Universidade Nacional Autónoma de México.

Occam, G. (2000). Lógica dos termos, Porto Alegre (Brasil): EPUCRS.

Kant, I. (1985). Crítica da Razão Pura, trad. A. Morujão e M. P. dos Santos, Lisboa: Gulbenkian.

Quine, W. V. O. (1969). Ontological Relativity and Other Essays, New York & London: Columbia University Press.

Russell, B. (1992). The Principles of Mathematics, London: Routledge.

Wittgenstein, L. (1933). Tractatus Logico-Philosophicus, London: Kegan Paul, 1933.

Bochenski, I. M. (1966). Historia de la lógica formal, trad. M. B. Lozano, Madrid: Gredos.

Blanché, R. (1970). La logique et son histoire d’Aristote à Russell, Paris: Armand Colin, 1970 (existe tradução portuguesa).

Kneale, W., & M. (1962). The Development of Logic, Oxford: The Clarendon Press (existe tradução portuguesa).