Cinema Português

Ano
0
Ano lectivo
2018-2019
Código
01012671
Área Científica
Área Científica do Menor
Língua de Ensino
Português
Modo de Ensino
Presencial
Duração
Semestral
Créditos ECTS
6.0
Tipo
Opcional
Nível
1º Ciclo - Licenciatura

Conhecimentos de Base Recomendados

NA

Métodos de Ensino

O ensino da disciplina visa situar o cinema português no contexto das práticas artísticas portuguesas, revelando o diálogo entre cineastas e outros artistas na origem e na resolução de questões estéticas. Pretende conferir um caráter geral ao cinema português como prática artística, salientando o que não o distingue de outras cinematografias, sendo o cinema uma prática universal. Deste modo, serão exibidos objetos fílmicos dando uma panorâmica geral da cinematografia portuguesa, em documentário e em ficção, suscitando nos alunos a compreensão da totalidade do objecto fílmico.

Resultados de Aprendizagem

Ter uma perspetiva histórica e estética do cinema no contexto da arte portuguesa. Serão valorizados alguns autores como exemplos preponderantes da última metade do século XX; a sua obra será apresentada como tendência do cinema português, a nível nacional e internacional. Há uma produção teórica, crítica e histórica assinaláveis que fazem parte do património do cinema português não fílmico, que deve ser levada em conta no estudo já vasto do cinema nacional, feito tanto no país como no estrangeiro.

O discente deverá ser capaz:

- de relacionar os movimentos estéticos que envolveram o cinema português em relação com os movimentos intelectuais e artísticos contemporâneos;

- de compreender a relação do cinema português com Portugal e com o cinema em geral, nas suas dimensões artísticas, culturais, políticas e históricas.

Estágio(s)

Não

Programa

António Ferro e o cinema português:

- condições de produção de filmes em Portugal no período do Estado Novo;

- legislação e produção: a Lei nº 2027 e o  fim do ciclo intervencionista estatal;

- os anos pós- Ferro e a degradação das condições de produção;

- o papel do Conselho do Cinema;

- os cineclubes e as revistas na produção de uma escola do gosto.

 

O "cinema novo" e os novos cinemas:

- condições de surgimento do Cinema Novo;

- a escolarização do cinema e as influências estéticas novas;

- a batalha das ideias e os seus protagonistas;

- novas condições de produção e novos públicos;

- o cinema e as outras disciplinas e meios de comunicação.

 

Os "casos" do cinema português:

- Manoel de Oliveira no cruzamento entre modernidade e classicismo;

- Paulo Rocha, experimentação e hibridação;

- Fernando Lopes, entre documentário, televisão e auto-reflexão;

- João César Monteiro, a cinefilia e a cultura;

- Pedro Costa, construção do pós-cinema.

Docente(s) responsável(eis)

Fausto Cruchinho Dias Pereira

Métodos de Avaliação

Avaliação
Trabalho de investigação: 25.0%
Trabalho de síntese: 25.0%
Frequência: 50.0%

Documentos

Fuc corrigida (2ª versão ) de Cinema Português - 24-08.2014

Fuc corrigida de Cinema Português - 24.08.2015

Ficha Unidade Curricular - 2015/2016 (Pdf)