Literaturas São-tomense, Cabo-verdiana e Guineense

Ano
0
Ano lectivo
2018-2019
Código
01012386
Área Científica
Área Científica do Menor
Língua de Ensino
Português
Modo de Ensino
E-learning
Duração
Semestral
Créditos ECTS
6.0
Tipo
Opcional
Nível
1º Ciclo - Licenciatura

Conhecimentos de Base Recomendados

Não aplicável.

 

Métodos de Ensino

Leitura caseira de textos, exposição do docente na aula e debate coletivo sobre factos, conceitos e interpretação.

Resultados de Aprendizagem

Conhecer sumariamente a história das literaturas, os principais movimentos e autores e alguns textos canónicos.

Estágio(s)

Não

Programa

1. Os principais movimentos, revistas, autores, textos, temas e estilos.

2. Poetizar os Fundamentos: Francisco José Tenreiro, Corsino Fortes e outros.

3. Narrar a Nação: o movimento da Claridade (1936), Baltasar Lopes e outros.

4. Criticar o Estado (da Nação): Abdulai Sila, Aíto de Jesus Bonfim e outros.

5. Mudar o Género: Conceição Lima e outras.

 

Obras canónicas  de leitura integral

 

Francisco José Tenreiro, Obra poética; (São Tomé e Príncipe)

Baltasar Lopes, Chiquinho; (Cabo Verde)

Corsino Fortes, A cabeça calva de Deus; (Cabo Verde)

Dina Salústio, A louca do serrano; (Cabo Verde)

Abdulai Sila, Mistida; (Guiné-Bissau)

Aíto de Jesus Bonfim, A lágrima áurea do mal; (São Tomé e Príncipe)

Conceição Lima, O país de Akendenguê; (São Tomé e Príncipe).

Docente(s) responsável(eis)

José Luís Pires Laranjeira

Métodos de Avaliação

Avaliação contínua
Mini Testes: 25.0%
Outra: 25.0%
Frequência: 50.0%

Avaliação final
Exame: 100.0%

Bibliografia

- Chabal, P. (Ed.) et al. (1996). The postcolonial literature of lusophone Africa. Londres: Hurst & Co.

- Ferreira, M. (1990). O discurso no percurso africano-I. Lisboa: Plátano.

- Hamilton, R. (1981 e 1983). Literatura africana, literatura necessária (Vols. 1-2). Lisboa: Ed. 70.

- Laranjeira, P. (1995). Literatura africana de expressão portuguesa. Lisboa: Universidade Aberta.

- Ribeiro, M. C. & Jorge, R. S. (Eds.)(2011). Literaturas insulares: leituras e escritas de Cabo Verde e São Tomé e Príncipe. Porto: Afrontamento.

- Margarido, A. (1980). Estudos sobre literaturas das nações africanas de língua portuguesa. Lisboa: A Regra do Jogo.

- Mata, I. (2013). A literatura africana e a crítica pós-colonial. Reconversões. Manaus, AM: UEA.

- SANTA BARBARA PORTUGUESE STUDIES (org. de P. Laranjeira e L. G. Xavier) (2008), vol. X, Santa Barbara, Univ. da Califórnia (nº sobre Literaturas Africanas).