Informática Aplicada à Arqueologia

Ano
0
Ano lectivo
2018-2019
Código
01011078
Área Científica
Área Científica do Menor
Língua de Ensino
Português
Modo de Ensino
Presencial
Duração
Semestral
Créditos ECTS
6.0
Tipo
Opcional
Nível
1º Ciclo - Licenciatura

Conhecimentos de Base Recomendados

NA

Métodos de Ensino

O módulo terá por base aulas teóricas expositivas com recurso a meios audiovisuais dinâmicos, tendo ainda uma forte componente prática, através do manuseamento de softwares sob acompanhamento tutorial, com vista à realização de exercícios que lidam com problemas específicos da atividade arqueológica.

Tendo em conta a duração do módulo e a grande variedade de ferramentas informáticas existentes, optou-se por fazer uma seleção dos programas mais acessíveis e essenciais para a boa prática profissional

Resultados de Aprendizagem

A cadeira visa introduzir os alunos nos conceitos básicos sobre a Arqueologia Computacional e no manuseamento de alguns programas informáticos indispensáveis à investigação arqueológica, entre os quais as bases de dados, os programas de tratamento de imagem e de desenho assistido por computador, os softwares de 3D, bem como os sistemas de informação geográfica.

Estágio(s)

Não

Programa

1. A tecnologia informática ao serviço da Arqueologia. As vantagens, as problemáticas e as limitações. A arqueologia antes da Informática.

2. A criação de sistemas de gestão de bases de dados em Arqueologia. Definição e caracterização. Análise de exemplos. Construção de uma base de dados e prática informática de registo e gestão de dados.

3. A representação gráfica informatizada do registo arqueológico. Caracterização das ferramentas disponíveis para tratamento e melhoramento gráfico. Prática de software de criação, edição e tratamento de imagem. A Arqueologia, a Topografia e a georreferenciação. Prática de software de desenho assistido por computador.

4. A tecnologia 3D: introdução ao conceito e prática iniciante de software.

5. Os Sistemas de Informação Geográfica aplicados à Arqueologia. Definição e conceitos elementares do funcionamento. A evolução histórica dos SIG e a generalização o seu uso na Arqueologia. Noções de gestão de dados espaciais e de cartografia arqueológica.

Docente(s) responsável(eis)

Marcos Daniel Osório da Silva

Métodos de Avaliação

Avaliação continua
Frequência: 50.0%
Resolução de problemas: 50.0%

Bibliografia

Wheatley D.; Gillings, M. 2002. Spatial Technology and Archaeology, Taylor & Francis: London.

Harris, Trevor, 2002, GIS in Archaeology, in Knowles, AK (editor), Past time, past place: GIS for History, Redlands Clifornia, ESRI Press, 2002, pp. 131-143

Internet Archaeology, The first fully refereed e-journal for archaeology, ISSN 1363-5387. | URL: http://intarch.ac.uk

Stanford University: Libraries & Academic Information Resources, GIS and Archaeology, http://wwwsul.stanford.edu/depts/gis/Archaeology.htm

DMOZ, Open Directory Project, Archaeological Computing, http://dmoz.org/Science/Social_Sciences/Archaeology/Topics/Archaeological_Computing/

Internet and Open Source in Archaeology: http://www.iosa.it/

Integrating the humanities and geospatial science: exploring cultural resources and sacred space through Internet GIS, Trevor Harris, Ph.D., Dr. Briane Turley, Ph.D., and L. Jesse Rouse, West Virginia University, http://ark.geo.wvu.edu/grave_creek/