Modelos e Técnicas de Intervenção em Educação e Formação

Ano
1
Ano lectivo
2019-2020
Código
02024098
Área Científica
Ciências da Educação
Língua de Ensino
Português
Modo de Ensino
Presencial
Duração
Semestral
Créditos ECTS
6.0
Tipo
Obrigatória
Nível
2º Ciclo - Mestrado

Conhecimentos de Base Recomendados

Domínio das concepções, modalidades e metodologia de referencialização e dos modelos de planeamento e avaliação de projectos educacionais

Métodos de Ensino

Expositivo e demonstrativo

Debates, reflexões e discussões em pequeno e grande grupo

Exercícios, jogos e dinâmicas de grupo

Preparação e concretização das simulações pedagógicas (inicial e final)

Resultados de Aprendizagem

1) Problematizar, numa perspetiva complexa e crítica, fenómenos de educação e de formação, bem como perspetivar modos de ação e de investigação.

2) Desenhar processos educativos/formativos para diferentes contextos e com diferentes grupos e finalidades, recorrendo a dispositivos adequados para a conceção, implementação, avaliação e execução de programas e projetos de formação.

3) Desenvolver competências suscetíveis de proporcionar relações pedagógicas eficazes em diferentes contextos de aprendizagem e com diferentes públicos-alvo.

4) Conhecer diferentes programas, estratégias e técnicas de intervenção eficazes nos processos e dinâmicas educativas/formativas.

5) Aplicar princípios e técnicas de dinâmicas de grupo para animação da formação.

6) Dominar princípios e técnicas de motivação, desenvolvimento da assertividade, de gestão de conflitos e de negociação.

Estágio(s)

Não

Programa

1. A intervenção em educação e formação com diferentes indivíduos, grupos e contextos: Modelos e técnicas

2. O Referencial de Formação Pedagógica de Formadores do IEFP/Portugal

3. Perfil profissional do formador: Área de intervenção e competências nucleares

4. O papel e a implementação dos princípios e técnicas de dinâmica de grupos em educação e formação

5. A motivação, a assertividade, a negociação e a simulação na intervenção educativa e formativa

6. Simulação pedagógica (autoescopia) como técnica formativa de desenvolvimento de competências pegagógicas.

Docente(s) responsável(eis)

Albertina Lima Oliveira

Métodos de Avaliação

Avaliação final
Exame: 100.0%

Avaliação contínua
Trabalho de síntese: 20.0%
Resolução de problemas: 30.0%
Simulação pedagógica final: 50.0%

Bibliografia

Azevedo, L. (1996). Comunicar com assertividade. Lisboa: IEFP.

Bárbara, L. (2009). Métodos e técnicas pedagógicas/andragógicas. Lisboa: Edição FCA – Teto de Nuvens.

Lopes, L., & Pereira, M. (2004). Métodos e técnicas pedagógicas. Lisboa: FDTI.

Oliveira, A. L. (2004). O professor enquanto facilitador da aprendizagem. Psychologica, nº Extra-Série de homenagem ao Prof. Doutor Manuel Viegas Abreu, 523-534.

Pinheiro, M. P. (2012). Avaliação das boas práticas associadas à aprendizagem dos estudantes do ensino superior: Princípios, desafios e implicações para a prática pedagógica docente. In  C. Leite & M. Zabalza (Eds.). Ensino Superior: Inovação e qualidade na docência (pp. 206-221). Porto: Edição CIIE.

Trindade, R. (2002). Experiências educativas e situações de aprendizagem: Novas práticas pedagógicas. Porto: Edições ASA.

Sadalla, A., & Larocca, P. (2004). Autoscopia: Um procedimento de pesquisa e formação. Educação e Pesquisa. 30 (3), 419-433.