Avaliação e Intervenção nas Necessidades Educativas Especiais

Ano
4
Ano lectivo
2019-2020
Código
02017967
Área Científica
Psicologia
Língua de Ensino
Português
Modo de Ensino
Presencial
Duração
Semestral
Créditos ECTS
6.0
Tipo
Obrigatória
Nível
2º Ciclo - Mestrado

Conhecimentos de Base Recomendados

NA

Métodos de Ensino

Os métodos de ensino incluem: 1) aulas expositivas; 2) estudos de caso; 3) exercícios de simulação, 4) técnicas audiovisuais; 5) visitas de estudo.

Resultados de Aprendizagem

 No final da unidade curricular os alunos devem:

(1) Conhecer as orientações actuais da educação especial e da psicologia da reabilitação no âmbito do paradigma da escola inclusiva;

(2) Analisar criticamente as limitações e problemas que se colocam à prática psicológica neste domínio, nomeadamente no que concerne ao aconselhamento psicoeducativo e à avaliação psicológica;

(3) Caracterizar do ponto de vista semiológico, epidemiológico e nosográfico os alunos com Perturbação de Aprendizagem Específica, com características de sobredotação, talentos e alto rendimento, com deficiências sensoriais;

(4) Conhecer métodos e técnicas que permitam planificar a avaliação e a intervenção no domínio das Necessidades Educativas Especiais;

(5) Elaborar relatórios de avaliação psicológica no âmbito das NEE.

Estágio(s)

Não

Programa

1.As idiossincrasias do aconselhamento psicológico nas necessidades educativas especiais.

2.A Perturbação da Aprendizagem Específica: definições; protocolo de avaliação psicológica e diagnóstico diferencial; diretrizes para a elaboração de um programa de intervenção.

3.Sobredotação, talentos e alto rendimento: definições; sinalização e identificação; regularidades no desenvolvimento cognitivo e sócio-emocional; Intervenção e aconselhamento psicoeducativos; modelos curriculares e elaboração de programas de intervenção.

4.Cegueira e baixa visão: definições e etiologias mais relevantes; regularidades no desenvolvimento cognitivo e sócio-emocional; intervenção psicoeducativa.

5.Surdez e hipoacusia: definições e etiologias mais relevantes; regularidades no desenvolvimento cognitivo e sócio-emocional; intervenção psicoeducativa.

Docente(s) responsável(eis)

Marcelino Arménio Martins Pereira

Métodos de Avaliação

Avaliação
Trabalho de síntese: 10.0%
Resolução de problemas: 20.0%
Frequência: 70.0%

Bibliografia

-D'Amato, R. C. & Flechter-Jazen, E. & Reynolds, C. (2005). Handbook of school neuropsychology. New Jersey: Wiley & Sons.

-Blairmires, G., Coupland, C.,Galbraith, T., Parker, J., Parr, A., Simpson, F., & Thornton, P. (2016). Supporting children with sensory impairment. New York: Routledge.

-Frank; R. & Elliott, T. (2010). Handbook of rehabilitation psychology. Washington: APA.

-Perdigão, R., Casa-Novas, T., & Gaspar, T. (2014). Políticas públicas de educação especial (relatório técnico). Lisboa: Conselho Nacional de educação.

- Swanson, H., Harris, K.,  Graham, S. (2013). Handbook of learning disabilities (2nd ed.). New York: Guilford Press.

-Shavinina, L. (2008). International handbook on giftedness. Montreal: Springer.

-Wang, M.; Reynolds, M. & Herbert, H. (2005). Handbook of special education: research and practice. Oxford: Pergamon Press.