Usos da Lingua Portuguesa II

Ano
1
Ano lectivo
2021-2022
Código
02016889
Área Científica
Linguística
Língua de Ensino
Português
Modo de Ensino
Presencial
Duração
Semestral
Créditos ECTS
10.0
Tipo
Opcional
Nível
2º Ciclo - Mestrado

Conhecimentos de Base Recomendados

Um conhecimento mínimo de português de nível C1 é um requisito para a frequência de todos os seminários do curso.    

Métodos de Ensino

O desenvolvimento dos temas  assenta em exposições e na leitura de textos de enquadramento, a complementar com tarefas de natureza interativa (com a docente e inter-pares) e de tratamentode dados empíricos. Assim, a metodologia utilizada interseta o método ativo e expositivo.

Resultados de Aprendizagem

A u.c. visa fornecer formação sobre (i) situações de contacto de línguas, (ii) a situação da língua portuguesa no mundo e (iii) padrões de variação sociolinguística e dialetal de comunidades ilustrativas.

1. Competências gerais: ao completar a unidade curricular, o/a estudante deverá ser capaz de:

- definir, com orientação, objetivos de investigação adequados;

- selecionar, com autonomia, informação credível e relevante tendo em conta os seus objetivos de investigação;

- planear e redigir um trabalho científico, bem como apresentá-lo oralmente.

2. Competências específicas:

- integrar, na sua visão do funcionamento das línguas naturais, o caráter inerente da variação nas suas diferentes formas de expressão;

- identificar as questões teóricas e os procedimentos metodológicos relevantes para o estudo do contacto e da variação linguística;

- revelar conhecimentos e competências necessários à descrição da dinâmica do funcionamento da língua portuguesa em comunidades distintas.

Estágio(s)

Não

Programa

1. Reflexões preliminares

1.1. O conceito de contacto;

1.2. Temas da variação linguística;

1.3. Variação e mudança linguísticas;

1.4. Direitos humanos e direitos linguísticos;

1.5. As políticas linguísticas europeias.

 

2. O português em Portugal e o contexto linguístico ibérico

2.1. Variação geolinguística e sociolinguística;

2.2. Situações de contacto em ambiente fronteiriço peninsular;

2.3. Situações de contacto no território nacional.

 

3. O português no mundo

3.1. O português em África, na América Latina e na Ásia;

3.2. O português das comunidades de emigrantes.

 

4. O(s) imaginário(s) do português

Docente(s) responsável(eis)

João Nuno Paixão Corrêa Cardoso

Métodos de Avaliação

Avaliação Contínua
Outra: 15.0%
Trabalho de síntese: 35.0%
Trabalho de investigação: 50.0%

Bibliografia

Corrêa-Cardoso, J. (2011). Sociolinguística urbana de contacto. O Português falado e escrito no Reino Unido. Coimbra: Palimage.

Corrêa-Cardoso, J. (2011). Quando falo português sinto-me diferente, um pouco estrangeira. As atitudes linguísticas de um grupo infanto-juvenil cabo-verdiano. Separ. da Misc. de Est. em Hom. a Maria Manuela Gouveia Delille (Vol.I). Coimbra.

Corrêa-Cardoso, J. (1999). Sociolinguística rural. A freguesia de Almalaguês. Lisboa.: Colibri.

Corrêa-Cardoso, J. (1998) Estudo de sociolinguística escolar em torno das atitudes das crianças de Maputo. Separ. da RPF. Vol. XXIII.

Ferronha, A. L. (1992). Atlas da língua portuguesa na história e no mundo. Lisboa: INCM.

Gonçalves, P. (2013). O português em África. In E.P. Raposo, F.B. Nascimento, M.A. Mota, L. Segura & A. Mendes (Eds.),Gramática do Português. (Vol. I). Lisboa: FCG.

Mateus, M. H. & Cardeira, E. (2007). Norma e variação. Lisboa: Caminho.