Gestão e Pessoas

Ano
0
Ano lectivo
2018-2019
Código
01620346
Área Científica
Área Científica do Menor
Língua de Ensino
Português
Outras Línguas de Ensino
Inglês
Modo de Ensino
Presencial
Duração
Semestral
Créditos ECTS
6.0
Tipo
Opcional
Nível
1º Ciclo - Licenciatura

Conhecimentos de Base Recomendados

Leitura fluente em inglês.

Métodos de Ensino

O método participativo da unidade curricular pretende criar condições para que os alunos saibam usar os conhecimentos teóricos. Em particular, os trabalhos individuais e de grupo são apresentados e discutidos de forma a garantir que os estudantes alcancem uma compreensão real das questões teóricas desenvolvidas.

Resultados de Aprendizagem

Objetivos gerais

Compreender os princípios da gestão de potencial humano para a performance nos setores público, privado e social; distinguindo grandes empresas de PMEs e organizações fordistas das pós-fordistas; valorizando o significado dos fatores socias e culturais para e nas relações de emprego, muito em particular no que se refere ao contrato psicológico, ao desenvolvimento individual e grupal e às trajetórias partilhadas de competências nos contextos de competitividade, melhoria continua e aprendizagem organizacional e operacional

Objetivos específicos

Os estudantes devem reflectir e identificar de uma forma crítica a relação entre a teoria/política e a práctica/procedimentos de gestão no que se refere a pessoas num mundo em que a flexibilidade e criatividade são cada vez mais importantes.

Competências genéricas

Capacidade de análise e de síntese, capacidade de comunicação oral e escrita, conhecimentos de inglês, capacidade de trabalho em grupo.

Estágio(s)

Não

Programa

1) Dinâmica da mudança do contexto global e local da gestão de pessoas;

2) Integração da visão estratégica e da gestão de linha;

3) Diferenças significativas entre paradigmas Fordistas- Weberianos e Pós-Fordistas;

4) Diferença entre princípios subjacentes aos modelos japoneses, americanos e europeus.

5) Políticas e prácticas para: (a) competência: recrutamento e selecção; formação e desenvolvimento; b) motivação: avaliação de desempenho; recompensas financeiras; feedback e voice; (c) oportunidades de dar contributo: concepção do papel e responsabilidade no trabalho; sistemas de envolvimento e comunicação; e (d) identificação: promoção interna; segurança no trabalho e contracto psicológico.

6) Resultados para: (a) mudança de atitudes no compromisso organizacional, satisfação no trabalho, percepção de justiça procedimental e distributiva, e equilíbrio vida-trabalho; (b) implicações comportamentais para o esforço, sentido de cidadania organizacional, e intenções de ficar ou sair.

Docente(s) responsável(eis)

Teresa Carla Trigo de Oliveira

Métodos de Avaliação

Avaliação Continua
2 Teste : 40.0%
Trabalhos de Grupo e participação nas discussões e trabalhos desenvolvidos nas aulas : 60.0%

Avaliação Final
Exame: 100.0%

Bibliografia

Abo, Tetsuo (1994) ( Ed.) Hybrid Factory: The Japanese Production System in The United States, Oxford, Oxford University Press

Beardwell, Ian; Holden, Len & Claydon, Tim (2004) (eds.).  Human Resource Management: a Contemporary Perspective, 4th Edition.  Financial Times/Prentice Hall.

Cascio, Wayne.  (1998) Managing Human Resources: Productivity, Quality of Work Life, Profits, 5th ed., New York, McGraw-Hill.

Coyle-Shapiro, J. A-M.; Shore, Lynn M. ; Taylor, M. Susan & Lois E. Tetrick (eds.) (2005). The Employment Relationship: Examining Psychological and Contextual Perspectives, Oxford, Oxford University Press

Guion, R.M. (2011). Assessment, Measurement and Prediction for Personnel Decisions.  Psychology Press.

Neil, Conway & Briner, Rob (2005).  Understanding Psychological Contracts at Work: A Critical Evaluation of Theory and Research, Oxford, Oxford University Press

Shore, L., Coyle-Shapiro, J. A-M. and Tetrick, L.E. (2012). The Employee-Organization Relationship. Psychology Press.