Mestrado em Educação Especial e Sociedade Inclusiva

Objetivos do Curso

O mestrado insere-se no quadro de construção de uma sociedade inclusiva (e.g., Desenvolvimento Sustentável. da Agenda 2030, ONU; European Network of Innovation for Inclusion) e responde às necessidades do mercado criadas pelas diretrizes internacionais e nacionais (DL 54/2018), incentivadoras de uma escola inclusiva com práticas educativas que visem o desenvolvimento e participação de todos. Devendo o programa educativo individual ser inserido no plano curricular da turma e no projeto da escola, o professor do ensino regular e outros agentes
educativos assumem um novo protagonismo, cuja formação académica anterior não previu. Procura, assim, constituirse como uma opção para os licenciados e mestres em ensino, com alguma formação e/ou prática no domínio da educação especial e inclusiva, ou que pretendem desenvolver novas competências. São ainda candidatos os licenciados em Ciências da Educação, Educação, Psicologia, Serviço Social, Educação de Infância, Terapia da Fala e Sociologia.

Condições de Acesso e Ingresso

Titulares de licenciatura em ciências da educação, educação, ensino, psicologia, educação especial e reabilitação, serviço social, terapia da fala, terapia ocupacional, animação socioeducativa, sociologia e áreas afins,
- Candidatos, nacionais ou estrangeiros, detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido pelo órgão estatutariamente competente da instituição como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Saídas Profissionais

O curso qualifica para o exercício de funções no âmbito da Educação Especial e Inclusiva em estruturas de âmbito educativo, nomeadamente: escolas, agrupamentos de escolas, outras instituições (ex: APPCDM; Serviço de Pedopsiquiatria e Centro de Desenvolvimento do Hospital Pediátrico de Coimbra).

Regime de Estudo

Diurno/Regime misto

Língua(s) de Aprendizagem / Avaliação

Língua Portuguesa

Regras de Avaliação

A avaliação, enquanto atividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos/as estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, e o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos/as a provas de avaliação os/as estudantes inscritos/as nas respetivas unidades curriculares no ano letivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos/as nessas provas quando tal inscrição for necessária.
Entendem-se por elementos de avaliação: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, projetos individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente, apresentações em aula e participação em palestras, projetos ou outras atividades validadas pelo/a docente responsável pela unidade curricular. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente. A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados/as os/as estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores. Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública na ficha anual de unidade curricular, termos previstos pela RAUC.

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

- Formar professores e outros profissionais que trabalham no âmbito da Educação Especial e Inclusiva, fornecendo-lhe instrumentação e fundamentos teóricos que lhes permitam conceber e implementar projetos e programas de intervenção eficientes e baseados em evidência. Qualifica para o exercício de cargos, funções ou atividades educativas especializadas. Promover a produção e disseminação de conhecimento, através da realização de projetos de investigação que têm como alvo a educação especial e a sociedade inclusiva.

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia

O reconhecimento da aprendizagem prévia é efectuada de acordo com o Regulamento Académico da Universidade de Coimbra.

Enquadramento Legal da Qualificação

Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de março, na redação atual

Requisitos para Obtenção da Qualificação

Realização, com aproveitamento, de um conjunto de unidades curriculares que perfazem um total de 120 ECTS e que incluem também a realização de relatório de estágio (54 ECTS), de uma dissertação, ou de um projeto (54 ECTS).

Acesso a um Nível de Estudos Superior

A qualificação dá acesso a formação de nível superior, nomeadamente a estudos de 3º ciclo.

Plano de Estudos

Educação Especial e Sociedade Inclusiva

Ano lectivo
2022-2023

Tipo de Curso
2º Ciclo - Mestrado de Especialização Avançada

Qualificação Atribuída: Mestre

Duração: 2 Ano(s)

Créditos ECTS: 120.0

Categoria: Mestrado de Especialização Avançada


Candidaturas

Avisos de Abertura


Acreditações

Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
2022-07-31 a 2028-07-30
Direcção Geral de Ensino Superior
2022-03-09