Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores

Objetivos do Curso

O Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores é um curso que se deseja de elevada qualidade, pautado por padrões internacionais, e que tem por objetivos:
- Transmitir conhecimentos e desenvolver competências avançadas nos domínios da Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, em particular nas áreas de especialidade da Robótica, Controlo e Inteligência Artificial, Energia, Computadores e Telecomunicações;
- A formação de profissionais com um elevado nível de qualificação técnica, científica e ética, capazes de responder às necessidades de modernização da economia à escala global.
- Fornecer uma formação sólida que habilite aqueles que o desejarem a prosseguirem os seus estudos num 3º ciclo de estudos e/ou uma carreira de investigadores.

Condições de Acesso e Ingresso

1. Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre:
a) Os titulares do grau de licenciado ou equivalente legal em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (ou outras licenciaturas que, embora de denominação diferente, tenham currículo semelhantes), Engenharia Informática, Engenharia Eletrotécnica e de Telecomunicações, Engenharia de Computadores e Telemática, Engenharia Eletrónica e Telecomunicações, Engenharia e Gestão Industrial, Engenharia Física, Engenharia Biomédica, Podem ainda concorrer os titulares do grau de licenciado ou equivalente legal em outras áreas da Engenharia e das Ciências Exactas, cujos cursos estejam organizados de acordo com os princípios do processo de Bolonha, estando condicionados à realização de unidades curriculares complementares.
b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo, nas áreas referidas na alínea a);
c) Titulares de um grau académico superior obtido no estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objectivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da FCTUC;
d) Em casos devidamente justificados, os detentores de um currículo científico e profissional relevante para a frequência deste ciclo de estudos e que, como tal, seja reconhecido pelo Conselho Científico da FCTUC, estando condicionados à realização de unidades curriculares complementares.
2 - O reconhecimento a que se referem as alíneas b) a d) do n.º 1 tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou o reconhecimento desse grau.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Saídas Profissionais

Os detentores do grau de Mestre em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores têm boa recetividade no mercado de trabalho, das grandes às médias e pequenas empresas. As oportunidades de emprego situam-se em empresas públicas e privadas, nas áreas de produção, transporte, distribuição e gestão de energia elétrica, automação, robótica, telecomunicações fixas e móveis, operadores de distribuição de conteúdos multimédia, sistemas eletromecatrónicos, microssistemas, instrumentação, manutenção industrial, materiais, projeto e auditoria, sistemas de informação, simulação, gestão de redes, gestão de base de dados, analista programador, projeto de software, sistemas de computadores, etc., bem como nas áreas do ensino e da investigação.

Regime de Estudo

Diurno

Língua(s) de Aprendizagem / Avaliação

Português/Inglês

Regras de Avaliação

As regras de avaliação e classificação são as previstas na regulamentação académica da Universidade de Coimbra.
Essa regulamentação confere às respetivas Unidades Orgânicas, no caso particular à FCTUC, a competência para aprovar um regulamento de avaliação de conhecimentos adequado às suas especificidades. Considerando a natureza e a diversidade da oferta formativa dos vários ciclos de estudo da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), após discussão pública do projeto de regulamento, o Conselho Pedagógico da Faculdade de Ciências e Tecnologia aprovou o regulamento que regula a Avaliação de Conhecimentos na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra. As regras de avaliação e classificação das unidades curriculares doa MEEC são definidas ao abrigo deste regulamento: A classificação final é efetuada numa escala de 0 a 20 valores, sendo a aprovação às unidades curriculares obtida para uma classificação igual ou superior a 10 valores.

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

- Revelar capacidade de análise e concepção ao nível da aplicação do conhecimento, evidenciando fortes competências profissionais, nomeadamente nas áreas chave da “Indústria 4.0”, “Tecnologias de Informação e Comunicação” e da
“Sociedade do Conhecimento”.
- Demonstrar compreensão e conhecimentos avançados nas áreas de especialidade do curso, capaz de constituir a base de desenvolvimentos e ou aplicações inovadoras de novos produtos e serviços (p.ex. na área da inteligência artificial, redes elétricas inteligentes, novos sistemas automatizados de produção, robótica colaborativa, redes resilientes, sistemas computacionais de alto-desempenho, etc.), incluindo em contexto de investigação na academia e na indústria.
- Capacidade de projetar e desenvolver soluções inovadoras para resolver de forma eficiente (minimizando recursos) e eficaz (maximizando o impacto dos resultados) problemas complexos, de natureza interdisciplinar e/ou envolvendo
dados e processos de grande dimensão e/ou incertos.

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia

O reconhecimento da aprendizagem prévia é efectuada de acordo com o Regulamento Académico da Universidade de Coimbra.

Enquadramento Legal da Qualificação

Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de março, na redação atual

Requisitos para Obtenção da Qualificação

A qualificação é obtida após aprovação a todas as disciplinas do plano curricular, num total de 120 ECTS.

Acesso a um Nível de Estudos Superior

Ao conferir o grau de Mestre, este curso possibilita o acesso a estudos de terceiro ciclo, de acordo com as condicionantes definidas por cada programa, nomeadamente ao Programa Doutoral em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores.

Plano de Estudos

Percursos
Computadores
Energia
Robótica, Controlo e Inteligência Artificial
Telecomunicações

Ano lectivo
2021-2022

Tipo de Curso
2º Ciclo - Mestrado de Continuidade

Qualificação Atribuída: Mestre

Duração: 2 Ano(s)

Créditos ECTS: 120.0

Categoria: Mestrado de Continuidade


Candidaturas

Avisos de Abertura


Calendário

1º Semestre
Data de início: 20-09-2021
Data de fim: 18-12-2021
2º Semestre
Data de início: 07-02-2022
Data de fim: 21-05-2022

Acreditações

Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
2020-07-31 a 2026-07-30
Direcção Geral de Ensino Superior
2021-05-31

Documentos

19_2019_Relatório preliminar da Comissão de Avaliação Externa

27_2019_Decisão do Conselho de Administração

17_2019_Guião de acreditação prévia de novo ciclo de estudos