Mestrado em Treino Desportivo

Objetivos do Curso

1 – O Mestrado em Treino Desportivo (MTD) está orientado para promover uma sólida formação científica e pedagógica na área específica do Treino Desportivo, associada a um conjunto de valores e aptidões que permitam ao estudante desenvolver a sua atividade de treinador sustentando-se nas bases científicas do treino desportivo, nos princípios éticos e no aperfeiçoamento ao longo da vida; 2 - O curso proporciona o desenvolvimento de conhecimentos e de competências específicas do desempenho da missão de treinador desportivo nas diferentes dimensões de planeamento, preparação, operacionalização, avaliação/controlo e inovação no treino, nas diversas fases de formação desportiva e em contextos diferenciados, incluindo o desporto adaptado; 3 - Pretende-se contribuir para a especialização dos treinadores de desporto, no que concerne aos processos de prevenção de episódios limitantes da prática desportiva, nomeadamente a lesão desportiva, assim como a atuação na sua recuperação; 4 – O MTD promove a aquisição de competências conceptuais e instrumentais atualizadas no âmbito de linhas de Investigação em Ciências do Desporto.

Condições de Acesso e Ingresso

1 - Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre: a) Titulares do grau de Licenciado, ou seu equivalente legal; b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos, organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo; c) Titulares de grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física, d) Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da UO, nos termos que se seguem, devendo os candidatos obter uma avaliação curricular igual ou superior a 10 valores.
O avaliador da candidatura avalia o curriculum dos candidatos, atribuindo-lhe uma classificação na escala de 0 a 20 nos critérios i) a iv) e respetivas ponderações: i) Curriculum escolar, considerando a classificação final do(s) curso(s) realizado(s) pelo candidato (10%); ii) Relevância do(s) curso(s) realizado(s) para a área científica do ciclo de estudos a que se candidata (10%); iii) Curriculum científico, ponderando a participação dos candidatos em projetos de investigação, número e qualidade científica das publicações (monografias, capítulos de livros, artigos em publicações periódicas), prémios e elementos análogos, desde que se trate de atividades na área científica do ciclo de estudos em apreço (70%); iv) Curriculum profissional, ponderando a duração e natureza das funções profissionais exercidas na área científica do ciclo de estudos em apreço (10%).
2) Nas alíneas a), b) e c) do n.º1 são aceites candidaturas de diplomados em áreas científicas correlatas, no entanto, haverá um critério preferencial relativamente à área das Ciências do Desporto.
3 - O reconhecimento a que se referem as alíneas b) a d) do n.º 1 tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou o reconhecimento desse grau.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Saídas Profissionais

Treinador de Desporto em contexto infantojuvenil e sénior; Formador de treinadores.

Regime de Estudo

Diurno

Língua(s) de Aprendizagem / Avaliação

Português/ Inglês

Regras de Avaliação

Sendo a avaliação uma atividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respetivas unidades curriculares no ano letivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária, de acordo com o Regulamento Académico da Universidade de Coimbra. Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projetos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente. A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores. Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública pela ficha anual de unidade curricular, nos termos do Regulamento Académico da UC.

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

O curso fomenta o saber especializado na área do treino desportivo. Ao longo do curso, o estudante do MTD deverá ser capaz de: 1 - Desenvolver competências de orientação técnica e pedagógica em contextos diversificados, utilizando, de forma integrada, os conhecimentos científicos associados ao treino desportivo.; 2 - Utilizar instrumentos, de forma adequada e criteriosa, para monitorizar, avaliar e controlar o processo de treino, de forma a garantir uma adequada atuação ao longo do desenvolvimento do processo de preparação desportiva; 3 - Adquirir competências de investigação científica que permitam lidar com situações novas no âmbito do treino, mobilizando metodologias de investigação apropriadas à melhor compreensão de fenómenos do treino desportivo; 4 - Reger a sua atuação por princípios éticos e deontológicos, a partir da avaliação e reflexão das implicações e responsabilidades sociais resultantes das suas decisões, individuais e coletivas; 5 - Desenvolver competências de aprendizagem autónoma ao longo da vida e de espírito critico que facilite a sua integração em equipas multidisciplinares/projetos de investigação realizados no âmbito do treino desportivo.

Coordenador(es) do Curso

António José Barata Figueiredo
afigueiredo@fcdef.uc.pt

Hugo Miguel Borges Sarmento
hg.sarmento@gmail.com

Coordenador de mobilidade

Maria João Carvalheiro Campos
mjcampos@fcdef.uc.pt

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia

O reconhecimento da aprendizagem prévia é efetuada de acordo com o Regulamento de Creditação de Formação Anterior e de Experiência Profissional da Universidade de Coimbra.

Enquadramento Legal da Qualificação

Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de março, na redação atual

Requisitos para Obtenção da Qualificação

Ter concluído um total de 120 ECTS.

Acesso a um Nível de Estudos Superior

A aprovação num curso de mestrado pela Universidade de Coimbra, permite a candidatura a cursos de doutoramento.

Plano de Estudos

Treino Desportivo

Ano lectivo
2021-2022

Tipo de Curso
2º Ciclo - Mestrado de Especialização Avançada

Código DGES: 6961

Qualificação Atribuída: Mestre

Duração: 2 Ano(s)

Créditos ECTS: 120.0

Categoria: Mestrado de Especialização Avançada


Candidaturas

Avisos de Abertura


Calendário

1º Semestre
Data de início: 20-09-2021
Data de fim: 18-12-2021
2º Semestre
Data de início: 07-02-2022
Data de fim: 21-05-2022

Acreditações

Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
2020-07-31 a 2026-07-31
Direcção Geral de Ensino Superior
2021-03-19