a carregar...

Mestrado em Economia

Faculdade de Economia

abrir site outros cursos
Ano lectivo

2018-2019

Código DGES

9280

Tipo de Curso

2º Ciclo - Mestrado de Continuidade

Qualificação Atribuída

Mestre

Duração

18 Mês(es)

Créditos ECTS

90.0

Categoria

Mestrado de Continuidade

Coordenador(es) do Curso

Adelino Manuel Guimarães Fortunato (adelino@fe.uc.pt)

Hélder Miguel Correia Virtuoso Sebastião (helderse@fe.uc.pt)

Coordenador(es) Departamental(ais) ECTS

Carmen Isabel de Oliveira Amado Mendes (carmen.mendes@fe.uc.pt)

Objetivos Gerais do Curso
O ME pretende habilitar os seus alunos para o exercício da profissão de economista, quer na vertente empresarial, quer em funções de planeamento, regulação e administração. Para o efeito, ministra uma formação geral em vários domínios da análise económica e econométrica, em paralelo com uma formação especializada em economia financeira, economia industrial ou economia do crescimento e das políticas estruturais, conforme a opção selecionada pelo aluno. Proporciona ainda a escolha de um amplo leque de unidades de opção, quer no campo da economia, quer em matérias da gestão empresarial em sentido mais estrito.
Para além do aprofundamento das matérias de 1º ciclo, pretende-se também que os alunos desenvolvam: a) capacidade analítica autónoma, através da elaboração de um TP original sob orientação de um docente; ou b) capacidade de resolução de problemas concretos em ambiente de trabalho, neste caso sob a direção de um docente e de um responsável indicado pela instituição de acolhimento.
Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver
O Mestrado em Economia visa uma formação científica e técnica aprofundada nos principais domínios da análise económica, proporcionando aos estudantes desenvolver capacidades que permitam:
a) A resolução de problemas em situações novas e não familiares, em contextos alargados e multidisciplinares, ainda que relacionados com a sua área de estudo;
b) Lidar com questões complexas, desenvolver soluções ou emitir juízos em situações de informação limitada ou incompleta;
c) Comunicar as suas conclusões e os conhecimentos e raciocínios a elas subjacentes, quer a especialistas quer a não especialistas;
d) Revelar disponibilidade para uma contínua aprendizagem ao longo da sua vida profissional;
e) Desenvolver uma atividade de investigação autónoma, consubstanciada num Trabalho de Projeto; ou, optando pelo estágio, espera-se que sejam capazes de desenvolver e aplicar as capacidades referidas em a) e b), bem como as capacidades referidas na alínea c) na forma de um Relatório de Estágio.
Regime de Estudo
Regime de tempo integral, Presencial e Diurno
Acesso a um Nível de Estudos Superior
Os mestres em Economia possuem competências acrescidas para se candidatarem a um programa de doutoramento.
Condições de Acesso e Ingresso

1. Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre: a) Titulares do grau de licenciado, ou seu equivalente legal; b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos, organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo; c) Titulares de grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objectivos do grau de licenciado pelo conselho científico responsável pelo ciclo de estudos de mestrado; d) Em casos devidamente justificados, podem aceder ao ciclo de estudos de mestrado os candidatos que apresentem um currículo escolar científico e/ou profissional relevante para a frequência deste ciclo de estudos e que, como tal, seja reconhecido pelo conselho científico responsável pelo ciclo de estudos de mestrado. 2 - O reconhecimento a que se referem as alíneas b) a d) do n.º 1 tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou o reconhecimento desse grau.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia
É possível o reconhecimento da aprendizagem prévia de acordo com o Regulamento de Creditação de Formação Anterior e de Experiência Profissional da Universidade de Coimbra.
Enquadramento Legal da Qualificação
DL 74/2006, de 24 de março, alterado pelo DL 107/2008, de 25 de junho, e pelo DL 230/2009, de 14 de setembro, e pelo DL 115/2013 de 7 agosto
Saídas Profissionais
Os mestres em Economia possuem habilitações aprofundadas para o exercício de funções em diversas áreas empresariais, tais como auditoria e consultoria, banca e seguros, estudos e planeamento, ensino e investigação, na administração pública central, regional e local, organismos públicos, empresas e associações de natureza nacional ou internacional.
Regras de Avaliação e Classificação
Aplica-se o disposto na regulamentação da Universidade de Coimbra relativa aos 2.ºs ciclos, em particular o Regulamento Pedagógico da UC e as Normas Gerais de Avaliação da FEUC.
Requisitos para Obtenção da Qualificação

O grau de mestre é obtido após conclusão com aproveitamento do conjunto das unidades curriculares do plano de estudos (58 ECTS) e a defesa com sucesso do trabalho de projecto ou do relatório de estágio (32 ECTS).

Plano de Estudos
Percursos
Avisos de Abertura
Calendário
1º Semestre
Data de início: 10-09-2018
Data de fim: 20-12-2018
2º Semestre
Data de início: 04-02-2019
Data de fim: 30-05-2019
Acreditações
- A3ES
Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
Período(s)
  • 2015-03-23 a 2021-03-22
R/A-Ef 1610/2011 - DGES
Direcção Geral de Ensino Superior
Período(s)
  • 2011-03-18