Mestrado em Biologia Computacional

Objetivos do Curso

A presente proposta pretende responder às necessidades de formação académica específicas requeridas aos estudantes que pretendam ingressar na área da Biologia Computacional como profissionais qualificados.
Este programa de estudos de segundo ciclo pretende dotar os alunos de uma visão abrangente e integrada dos tópicos científicos, tecnológicos, técnicos e éticos associados à Biologia Computacional.
Após conclusão do grau o estudante deve (i) demonstrar um bom conhecimento de biologia fundamental, (ii) estar familiarizado com as principais fontes de dados biológicos e biomoleculares, (iii) dominar as principais linguagens de programação e ferramentas de análise utilizadas em Biologia Computacional, e (iv) demonstrar sólidas aptidões para a modelação de sistemas e análise de dados biológicos e biomoleculares, tanto num contexto de investigação fundamental como de aplicação biomédica e biotecnológica.

Condições de Acesso e Ingresso

Primeiro ciclo em Biologia, Bioquímica, Biologia Celular e Molecular, Química, Química Medicinal, Matemática, Matemática Aplicada, Física, Engenharia Física, Física Tecnológica, Física Aplicada, Engenharia Biomédica, Ciencias Farmaceuticas, Ciências da Computação, Engenharia Informática, Engenharia Eletrotécnica e de Computadores ou áreas afins, ou licenciatura pré­Bolonha numa destas áreas, ou ser detentor de um currículo escolar, científico ou profissional que a coordenação do curso reconheça como suficiente para atestar a capacidade para a realização deste ciclo de estudos.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Saídas Profissionais

As principais saídas profissionais são investigação e serviços em ambiente empresarial ou académico nas áreas de biotecnologia e biomedicina. Existem já a nível nacional, e em particular no eixo Coimbra-Cantanhede, múltiplas empresas (por exemplo, Coimbra Genomics, BSIM Therapeutics, Ophiomics, SilicoLife) e serviços (por exemplo Genoinseq) que têm a biologia computacional como eixo central da sua actividade. Além disso, a biologia computacional tem uma importância central e crescente na medicina personalizada e no diagnóstico clínico avançado, que motivam uma crescente procura por profissionais com esta formação no setor da saúde. Também na investigação em biomedicina e biotecnologia realizada nos centros de investigação nacionais, e da região Centro em particular, a biologia computacional tem vindo a ganhar importância crescente. A actual escassez de recursos humanos na área de Biologia Computacional é já uma limitação reconhecida ao desenvolvimento destas empresas e instituições.
Exemplos de actividades nas empresas e instituições acima que requerem biólogos computacionais incluem (i) a modelação de processos bioquímicos e fisiológicos ao serviço da descoberta de novas terapias, (ii) a modelação molecular ao serviço do desenvolvimento de fármacos, (iii) a análise de dados genómicos, metabolómicos e proteómicos ao serviço do diagnóstico clínico e da perfilagem/adaptação de organismos para fins biotecnológicos, (iv) a análise de imagens de microscopia e em imagiologia médica.

Regime de Estudo

Diurno/ Regime de tempo integral / Presencial

Língua(s) de Aprendizagem / Avaliação

Português e/ou Inglês

Regras de Avaliação

As regras de avaliação e classificação aplicáveis são as do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra, Regulamento 321/2013, de 23 de agosto.

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

Os objetivos formativos deste mestrado incluem a aquisição de um robusto conhecimento científico e técnico e elevadas competências em tópicos associados à aplicação dos princípios, métodos e técnicas da Biologia Computacional a áreas de investigação biológica, biomedicina e biotecnologia. Em particular o estudante deste mestrado irá ser capaz de utilizar e desenvolver ferramentas computacionais para o estudo de grandes quantidades de dados biológicos (por exemplo provenientes de estudos genómicos ou proteómicos), utilizar ferramentas de modelação de sistemas em biologia estrutural de modo a acompanhar o desenvolvimento de novos fármacos ou a investigar a dinâmica de biomoléculas, desenvolver modelos matemáticos e computacionais capazes de simular sistemas biológicos e o desenvolvimento de patologias, tanto a nível intra-celular como ao nível do tecido, e estar atualizado quanto ao estado da arte da Biologia Computacional. Estas competências permitirão ao estudante apoiar o desenvolvimento científico-tecnológico no contexto da biologia e/ou da biotecnologia tanto em ambiente do laboratório como empresarial.Este mestrado tem também como objetivos desenvolver aptidões de caráter instrumental (recolha de informação de diversas fontes, capacidade de análise e de síntese, resolução de problemas, tomada de decisão), interpessoal (capacidade de comunicar de forma oral e escrita num ambiente fortemente multidisciplinar, respeito pela diversidade, elevado sentido de ética profissional, capacidade de trabalho em grupo, espírito crítico) e sistémico (adaptação a situações novas, autonomia e responsabilidade, espírito de iniciativa, reconhecimento das limitações e capacidades) na área da biologia computacional.

Coordenador(es) do Curso

Irina de Sousa Moreira
irm2223@gmail.com

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia

Está previsto o reconhecimento da formação anterior dos candidatos, bem como da sua experiência profissional, nos termos do Regulamento de Creditação de Formação Anterior e de Experiência Profissional da UC.

Enquadramento Legal da Qualificação

A legislação relevante para a atribuição do grau de Mestre é o DL 74/2006, de 24 de março, com as posteriores alterações, Portaria 782/2009, de 23 de julho

Requisitos para Obtenção da Qualificação

Para obtenção do grau de Mestre em Biologia Computacional (MBC) é necessário completar 120 ECTS, incluindo a realização de uma dissertação original, resultado de um trabalho de investigação.

Acesso a um Nível de Estudos Superior

O Mestrado em Biologia Computacional dá acesso a formação de 3º Ciclo em áreas afins, incluindo programas doutorais em Biologia, Biologia Celular e Molecular, Bioquímica, Ciências da Computação, Matemática Aplicada, Química e Física.

Plano de Estudos

Biologia Computacional

Ano lectivo
2020-2021

Tipo de Curso
2º Ciclo - Mestrado de Especialização Avançada

Código DGES: MB20

Qualificação Atribuída: Mestre

Duração: 4 Semestre(s)

Créditos ECTS: 120.0

Categoria: Mestrado de Especialização Avançada


Candidaturas

Avisos de Abertura


Calendário

1º Semestre
Data de início: 21-09-2020
Data de fim: 18-12-2020
2º Semestre
Data de início: 08-02-2021
Data de fim: 21-05-2021

Acreditações

Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
2020-07-31 a 2026-07-30
Direcção Geral de Ensino Superior
2020-06-04