a carregar...

Mestrado em Gestão e Economia da Saúde

Faculdade de Economia

abrir site outros cursos
Ano lectivo

2017-2018

Código DGES

6642

Tipo de Curso

2º Ciclo - Mestrado de Formação ao Longo da Vida

Qualificação Atribuída

Mestre

Duração

2 Ano(s)

Créditos ECTS

120.0

Categoria

Mestrado de Formação ao Longo da Vida

Coordenador(es) do Curso

Pedro Augusto Melo Lopes Ferreira (pedrof@fe.uc.pt)

Victor Manuel Reis Raposo (vraposo@fe.uc.pt)

Coordenador(es) Departamental(ais) ECTS

Carmen Isabel de Oliveira Amado Mendes (carmen.mendes@fe.uc.pt)

Objetivos Gerais do Curso
A Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, com o Mestrado em Gestão e Economia da Saúde, tem como objetivo proporcionar uma formação avançada em Gestão e Economia da Saúde e na aplicação de instrumentos metodológicos e de medição em saúde. Os gestores e os economistas da saúde deverão ter formação sólida tanto em gestão e qualidade como em economia, políticas e sistemas de saúde e métodos e sistemas de apoio às decisões clínicas, de gestão e políticas. Para além disto, pretende-se também que os Mestres em Gestão e Economia da Saúde concluam este Curso capazes de elaborar projetos de investigação em áreas específicas da Economia da Saúde. Aos estudantes, o curso faculta a preparação e o acompanhamento necessários para elaboração de uma dissertação, capacitando-os para uma prossecução de estudos ao nível do 3º ciclo.
Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver
Abrangendo um conjunto de áreas do conhecimento em Gestão e Economia da Saúde, os objetivos de aprendizagem são alcançados através da lecionação de um conjunto de unidades curriculares de natureza instrumental e de análise crítica. As primeiras para completarem os conhecimentos de análise quantitativa
necessários ao desenvolvimento das dissertações e as segundas como forma de treinar o estudante na leitura crítica de artigos científicos em diversas áreas da gestão e da economia da saúde, proporcionando-lhes ao mesmo tempo aumentar os seus conhecimentos sobre o estado da arte em algumas áreas de relevância para
o projeto que pretendem desenvolver. A medição do seu grau de cumprimento é feita através da realização de testes e apresentação de trabalhos individuais.
Regime de Estudo
As sessões lectivas decorrerão sexta-feira (tarde) e sábado (manhã e tarde).
Acesso a um Nível de Estudos Superior
Os/as mestres em Gestão e Economia da Saúde possuem competências acrescidas para se candidatarem a um programa de doutoramento.
Condições de Acesso e Ingresso

1. Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre:
(i) Titulares de licenciaturas lecionadas na FEUC ou equivalentes, bem como titulares das licenciaturas em Medicina, Ciências Farmacêuticas, Enfermagem, Tecnologias da Saúde ou noutras licenciaturas consideradas adequadas;
(ii) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos, organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;
(iii) Titulares de grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido pelo conselho científico da FEUC;
(iv) Em casos devidamente justificados, podem aceder ao ciclo de estudos de mestrado os candidatos que apresentem um currículo científico e profissional relevante para a frequência deste ciclo de estudos e que, como tal, seja reconhecido pelo conselho científico da FEUC.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia
Existe reconhecimento da formação obtida em instituições de ensino superior nacionais ou estrangeiras.
Enquadramento Legal da Qualificação
Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado pelo Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de Junho, e pelo Decreto-Lei n.º 230/2009, de 14 de Setembro. O Despacho n.º 10760/2008 de 11 de Abril publica a estrutura curricular e o plano de estudos do curso.
Saídas Profissionais
Os/As mestres em Gestão e Economia da Saúde possuem habilitações especializadas para o exercício de funções na área da sáude, nomeadamente em organismos públicos, associações e empresas, de natureza nacional ou internacional.
Regras de Avaliação e Classificação
Sendo a avaliação uma atividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respetivas unidades curriculares no ano letivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária, nos termos do nº 6 do artigo 4º do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra. Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projetos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente. A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores. Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública na ficha de unidade curricular, nos termos do nº 2 do artigo 7.º do RPUC.
Requisitos para Obtenção da Qualificação

O grau de mestre será obtido após conclusão com aproveitamento do conjunto das unidades curriculares do plano de estudos e realização da dissertação, que totalizam 120 ECTS.

Assim, a obtenção do Grau de Mestre passa, pela obtenção de 60 ECTS na parte lectiva, a realização do seminário de acompanhamento (correspondente a 10 ECTS) e a conclusão, com êxito, da respectiva dissertação (correspondente a 50 ECTS e com uma duração de 2 semestres).

Aos alunos que completem o 1º ano (44 ECTS de unidades curriculares obrigatórias acrescidas de 16 ECTS de unidades curriculares opcionais), será concedido um “Diploma de Estudos Pós-Graduados” em Gestão e Economia da Saúde.

Plano de Estudos
Avisos de Abertura
Calendário
1º Semestre
Data de início: 11-09-2017
Data de fim: 21-12-2017
2º Semestre
Data de início: 05-02-2018
Data de fim: 30-05-2018
Acreditações
- A3ES
Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
Período(s)
  • 2014-09-22 a 2020-09-21
R/A-Ef 1613/2011 - DGES
Direcção Geral de Ensino Superior
Período(s)
  • 2011-03-18