a carregar...

Doutoramento em Geologia

Departamento de Ciências da Terra

abrir site outros cursos
Ano lectivo

2017-2018

Código DGES

5162

Tipo de Curso

3º Ciclo - Doutoramento

Qualificação Atribuída

Doutor

Duração

6 Semestre(s)

Créditos ECTS

180.0

Propina Anual

2750.0 €

Coordenador(es) do Curso

Pedro Manuel Rodrigues Roque Proença Cunha (pcunha@dct.uc.pt)

Objetivos Gerais do Curso
O Programa de Doutoramento em Geologia visa proporcionar aos doutorandos, quer nacionais, quer estrangeiros,
um sólido enquadramento institucional, metodológico e de formação científica avançada em Geologia, capaz de os
habilitar à realização de trabalho científico de qualidade e de os integrar nas redes internacionais de conhecimento.
O Programa de Doutoramento em Geologia tem como objectivos genéricos formar geólogos altamente
especializados, que demonstrem:
a) Capacidade de compreensão sistemática da Geologia;
b) Competências, aptidões e métodos de investigação próprios da Geologia;
c) Capacidade para conceber, projectar, adaptar e realizar uma investigação significativa respeitando as exigências
impostas pelos padrões de qualidade e integridade académicas;
d) Ter realizado um conjunto significativo de trabalhos de investigação original que tenha contribuído para o
alargamento das fronteiras do conhecimento em Geologia, que mereça a divulgação nacional e internacional em
publicações com comité de selecção;
e) Ser capazes de analisar criticamente, avaliar e sintetizar ideias novas e complexas;
f) Ser capazes de comunicar os resultados do seu trabalho com os seus pares, a restante comunidade académica e
a sociedade em geral;
g) Ser capazes de, numa sociedade baseada no conhecimento, promover, em contexto académico e/ou
profissional, o progresso científico, tecnológico, social e cultural.Competências a desenvolver pelos estudantes:
- Competências Instrumentais em: analise e síntese; comunicação oral e escrita; organização e planificação;
informática relativa ao objecto em estudo; resolver problemas; capacidade de decisão.
- Competências Pessoais em: trabalho de grupo; raciocínio crítico; compreender a linguagem de outros
especialistas; comunicar com pessoas não especialistas na área; trabalho em contexto internacional; trabalho em
equipas interdisciplinares.
- Competências Sistémicas em: aprendizagem autónoma; preocupação com a qualidade; aplicar na prática os
conhecimentos teóricos; investigar; criatividade; iniciativa e espírito empreendedor; planear e gerir; em autocrítica
e autoavaliação.
Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver
Competências Instrumentais em: analise e síntese; comunicação oral e escrita; organização e planificação; informática relativa ao objecto em estudo; resolver problemas; capacidade de decisão. Competências Pessoais em: trabalho de grupo; raciocínio crítico; compreender a linguagem de outros especialistas; comunicar com pessoas não especialistas na área; trabalho em contexto internacional; trabalho em equipas interdisciplinares. Competências Sistémicas em: aprendizagem autónoma; preocupação com a qualidade; aplicar na prática os conhecimentos teóricos; investigar; criatividade; iniciativa e espírito empreendedor; planear e gerir; em autocrítica e auto-avaliação.
Regime de Estudo
A tempo integral, diurno e com regime presencial
Acesso a um Nível de Estudos Superior
Não aplicável
Condições de Acesso e Ingresso

1. Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de doutor:
a) Os titulares do grau de mestre ou equivalente legal;
b) Os titulares do grau de licenciado, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra;
c) Os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
2 - O reconhecimento a que se referem as alíneas b) e c) do n.º 1 tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de doutor e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou mestre, ou o seu reconhecimento.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia
É reconhecida a formação prévia do candidato de acordo com os requisitos apresentados no ponto h, podendo ser concedidas creditações no acto de admissão.
Enquadramento Legal da Qualificação
A qualificação tem enquadramento no despacho de criação em D.R. II Série, no Despacho 18/94 de 17-05. A redacção teve por base o Decreto Lei 74/2006 alterado pelo DL 107/2008 (artigos 61 – 63) e Despacho nº 7287-B/2006 (2ª série).|
Saídas Profissionais
O Doutoramento em Geologia forma geólogos altamente especializados, com capacidade de compreensão sistemática da Geologia e que obtêm competências, aptidões e adequado uso de métodos de investigação próprios da Geologia. Ficam habilitados a conceber, projectar, adaptar e realizar uma investigação significativa respeitando as exigências impostas pelos padrões de qualidade e integridade académicas.
Estará apto a exercer actividade profissional de investigação, de direcção, de projecto, de prospecção e de planeamento em organismos estatais e privados.
Regras de Avaliação e Classificação
Sendo a avaliação uma atividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respetivas unidades curriculares no ano letivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária, nos termos do nº 6 do artigo 4º do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra. Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projetos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente. A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores. Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública na ficha de unidade curricular, nos termos do nº 2 do artigo 7.º do RPUC.
Requisitos para Obtenção da Qualificação

Um estudante termina o Curso de Doutoramento quando tiver obtido os créditos necessários para satisfazer pelo menos uma das tabelas de estrutura curricular associadas ao curso.

Plano de Estudos
Percursos
Avisos de Abertura
Acreditações
- A3ES
Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
Período(s)
  • 2011-12-12
R/A-Ef 1531/2011 - DGES
Direcção Geral de Ensino Superior
Período(s)
  • 2011-03-18