a carregar...

Doutoramento em Física

Departamento de Física

abrir site outros cursos
Ano lectivo

2017-2018

Código DGES

5154

Tipo de Curso

3º Ciclo - Doutoramento

Qualificação Atribuída

Doutor

Duração

6 Semestre(s)

Créditos ECTS

180.0

Propina Anual

2750.0 €

Coordenador(es) do Curso

Orlando Olavo Aragão Aleixo e Neves de Oliveira (orlando@teor.fis.uc.pt)

Coordenador(es) Departamental(ais) ECTS

Maria Isabel Silva Ferreira Lopes (isabel@lipc.fis.uc.pt)

Objetivos Gerais do Curso
Fornecer aos estudantes uma compreensão geral dos fundamentos e métodos de investigação em Física.
- Proporcionar-lhes formação adequada para a modelação, experimentação e computação conducentes à produção de trabalho científico original, crítico e criativo, num domínio da Física.
- Dar-lhes as competências necessárias para aplicação e desenvolvimento de métodos de investigação em Física fundamental e aplicada, em cada um dos domínios específicos do ciclo de estudos.
- Proporcionar aos estudantes experiência de trabalho em grupo e interação com físicos profissionsais nacionais e estrangeiros.
- Fornecer-lhes competências para a realização de trabalho de investigação autónomo de qualidade, de acordo com padrões internacionais e suscetível de ser apresentado em conferências internacionais e/ou publicado em revistas
internacionais de qualidade na área do ciclo de estudos.
Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver
- Aquisição de conhecimentos avançados nas diferentes áreas do ciclo de estudos, complementares dos adquiridos em Mestrados no domínio da Física ou afins.
- Desenvolvimento de competências, aptidões e métodos de investigação associados a um domínio científico.
- Desenvolvimento da capacidade de conceber, projetar e realizar autonomamente trabalho de investigação original, com a qualidade imposta pelos padrões internacionais.
- Desenvolvimento da capacidade de analisar criticamente e sintetizar novas ideias e perspetivas.
- Desenvolvimento da capacidade de comunicação com os pares, com a restante comunidade académica e com a sociedade, na área de especialidade do estudante.
Regime de Estudo
Diurno
Acesso a um Nível de Estudos Superior
Não existe nível de estudos superior
Condições de Acesso e Ingresso

1. Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de doutor:
a) Os titulares do grau de mestre ou equivalente legal, nomeadamente na área da física ou em áreas relacionadas;
b) Os titulares do grau de licenciado, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra;
c) Os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
2 - O reconhecimento a que se referem as alíneas b) e c) do n.º 1 tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de doutor e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou mestre, ou o seu reconhecimento.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia
Formação prévia de pós-graduação pode dar equivalência ao curso doutoral do primeiro ano de estudos
Enquadramento Legal da Qualificação
Decreto -Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, republicado em 25 de Junho de 2008 Decreto -Lei n.º 107/2008, Decreto -Lei n.º42/2005 de 22 de Fevereiro, e dos Despachos nºs 10543/2005 e 7287 -B/2006, de 11 de Maio e de 31 de Março
Saídas Profissionais
Investigação fundamental e aplicada, docência universitária, desenvolvimento e aperfeiçoamento de novos produtos e instrumentos, gestão (banca e consulsudoria)/
Regras de Avaliação e Classificação
Sendo a avaliação uma atividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respetivas unidades curriculares no ano letivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária, nos termos do nº 6 do artigo 4º do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra. Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projetos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente. A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores. Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública na ficha de unidade curricular, nos termos do nº 2 do artigo 7.º do RPUC.
Requisitos para Obtenção da Qualificação

Aprovação no exame de defesa da tese de doutoramento

Plano de Estudos
Percursos
Avisos de Abertura
Calendário
1º Semestre
Data de início: 11-09-2017
Data de fim: 21-12-2017
2º Semestre
Data de início: 05-02-2018
Data de fim: 30-05-2018
Acreditações
- A3ES
Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
Período(s)
  • 2016-10-06 a 2022-10-05
R/A-Ef 1530/2011 - DGES
Direcção Geral de Ensino Superior
Período(s)
  • 2011-03-18