Mestrado em Gestão Sustentável do Ciclo Urbano da Água

Entidade parceira: Universidade do Minho

Objetivos do Curso

O curso pretende criar uma oferta formativa na área da Engenharia Sanitária,. É vocacionado para a transmissão de conhecimentos avançados nos domínios específicos da hidráulica urbana e da sua ligação com a saúde pública.
Estas duas temáticas apresentam, uma forte ligação a várias outras, relacionadas com a operação, conservação e reabilitação das infraestruturas dos sistemas hidráulicos urbanos, com a gestão da água e sustentabilidade dos sistemas dos serviços de água. Pretende-se, com este curso, dotar os alunos de conhecimentos teóricos avançados, que sejam úteis do ponto de vista da sua aplicação prática e que constituam uma mais-valia significativa em relação aos conteúdos tradicionalmente lecionados em cursos de mestrado integrado. Pretende-se ainda transmitir, conhecimentos avançados nos tópicos da modelação, da gestão, operação e manutenção de infraestruturas e equipamentos e dos processos e tecnologias de tratamento de águas.

Condições de Acesso e Ingresso

O candidato deve satisfazer as condições mínimas exigidas no artigo 17º
do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de março, na redação atual, na área de Engenharia Civil ou Engenharia do Ambiente ou Engenharia Química ou Engenharia Mecânica ou outras áreas afins.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Saídas Profissionais

Sendo um Mestrado de Formação Avançada, espera-se que a maioria dos alunos que
frequentam o curso estejam já no mercado de trabalho, pelo que a sua perspetiva não será preferencialmente a de uma nova saída profissional, mas sim a de valorização e atualização dos conhecimentos de modo a de potenciar a própria
competitividade na sua área específica de atuação. Face ao expectável incremento da gestão sustentável das infraestruturas do ciclo urbano da água, resultante do projeto e construção de novos sistemas de abastecimento de água e saneamento,
espera-se que a formação destes estudantes represente uma aposta na qualificação do capital humano com atividade neste setor. Esta mudança de paradigma exige uma formação contínua e avançada, quer dos técnicos das entidades gestoras e empresas de serviços de águas, quer das entidades financiadoras e seguradoras.

Regime de Estudo

Regime de tempo integral, presencial e diurno. As edições funcionarão alternadamente, um ano na UC e o outro na UM, tendo início na UC

Língua(s) de Aprendizagem / Avaliação

Português

Regras de Avaliação

As regras de avaliação são definidas para cada unidade curricular. Em cada
uma delas, a classificação final será de 0 a 20 valores, sendo considerado aprovado o estudante que obtenha pelo menos uma classificação de 10 valores, em conformidade com os regulamentos do sistema de avaliação vigentes em cada uma das
Universidades parceiras.

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

Pretende-se que os alunos tenham adquirido conhecimentos e competências que lhe permitam:
- Operar, gerir, conservar e reabilitar sistemas e órgãos que suportam o ciclo urbano da água;
- Definir estratégias e técnicas de intervenção de reabilitação
- Conhecer e compreender os conceitos fundamentais, processos e tecnologias de tratamento de águas e da sua articulação para a obtenção dos níveis de tratamento requeridos;
- Ser capaz de avaliar a eficiência dos vários processos unitários de tratamento e propor soluções alternativas
- Planear, programar e gerir processos de melhoria da qualidade do serviço numa perspetiva custo/beneficio
- Permitir um diálogo qualificado entre as diferentes especialidades e intervenientes no processo de operação, gestão e exploração,
- Desenvolver competências de investigação no domínio da gestão sustentável das infraestruturas hidráulicas urbanas e dos meios hídricos.

Coordenador(es) do Curso

José Alfeu Almeida de Sá Marques
jasm@dec.uc.pt

Coordenador de mobilidade

João Carlos dos Santos Alves Vieira
jvieira@dec.uc.pt

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia

O reconhecimento da aprendizagem prévia será realizado de acordo com
a regulamentação específica de ambas as Instituições.

Enquadramento Legal da Qualificação

A obtenção do grau de Mestre é atribuída de acordo com o DL 74/2006, de 24 de Março, na sua redação atual

Requisitos para Obtenção da Qualificação

Para obter o grau de Mestre, o estudante deverá obter aprovação em todas as unidades curriculares obrigatórias do tronco comum do curso (33 ECTS), nas unidades obrigatórias específicas de cada área (18 ECTS) e ainda nas unidades curriculares opcionais (9 ECTS). Adicionalmente, deverá obter aprovação na dissertação (30 ECTS).

Acesso a um Nível de Estudos Superior

Ao conferir o grau de mestre, este curso permite o acesso a estudos do
terceiro ciclo, limitado ao quadro de condicionantes definido por cada programa doutoral.

Plano de Estudos

Percursos
Engenharia de Saúde Pública
Hidráulica Urbana

Ano lectivo
2018-2019

Tipo de Curso
2º Ciclo - Mestrado de Especialização Avançada

Código DGES: M897

Qualificação Atribuída: Mestre

Duração: 3 Semestre(s)

Créditos ECTS: 90.0

Categoria: Mestrado de Especialização Avançada


Candidaturas

Avisos de Abertura


Calendário

1º Semestre
Data de início: 10-09-2018
Data de fim: 20-12-2018
2º Semestre
Data de início: 04-02-2019
Data de fim: 30-05-2019

Acreditações

Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
2016-03-17 a 2022-03-16
Direcção Geral de Ensino Superior
2016-04-13