a carregar...

Mestrado em Reabilitação de Edifícios

Departamento de Engenharia Civil

abrir site outros cursos
Ano lectivo

2017-2018

Código DGES

M831

Tipo de Curso

2º Ciclo - Mestrado de Especialização Avançada

Qualificação Atribuída

Mestre

Duração

3 Semestre(s)

Créditos ECTS

90.0

Categoria

Mestrado de Especialização Avançada

Coordenador(es) do Curso

José António Raimundo Mendes da Silva (raimundo@dec.uc.pt)

Coordenador(es) Departamental(ais) ECTS

Paulo Jorge Rodrigues Amado Mendes (pamendes@dec.uc.pt)

Objetivos Gerais do Curso
O curso de Mestrado proposto pretende criar uma oferta formativa na área da reabilitação de edifícios para engenheiros civis mas que também é de interesse para os profissionais de arquitetura e, eventualmente, para outros ramos da engenharia. O curso proposto é vocacionado para a transmissão de conhecimentos avançados nos domínios específicos dos princípios, estratégias, técnicas e dimensionamento das intervenções sobre edificado, quer nas situações de degradação precoce ou acidente, quer no envelhecimento e degradação natural ou desajustamento funcional, tanto nos centros urbanos antigos como na cidade contemporânea. Pretende-se ainda que os alunos reforcem a sua consciência crítica no domínio da gestão das operações urbanísticas de reabilitação, em termos legais, culturais e económicos e sempre sob a lógica da sustentabilidade da construção.
Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver
Pretende-se que, no fim do curso de mestrado, os alunos tenham adquirido conhecimentos e competências que lhe permitam:
- Observar, registar e diagnosticar anomalias em edifícios
- Definir estratégias e técnicas de intervenção de reabilitação, bem como caracterizar e selecionar os materiais adequados
- Dimensionar as intervenções a realizar (quer na perspetiva estrutural, quer não estrutural)
- Planear, programar e gerir processos de reabilitação
- Dialogar – de modo qualificado - com as diferentes especialidades e intervenientes no processo de reabilitação de edifícios e da reabilitação urbana, numa perspetiva multisdisciplinar e dentro dum quadro de sustentabilidade da construção
- Desenvolver competências de investigação e pesquisa no domínio da reabilitação.
Regime de Estudo
Regime diurno / presencial
Acesso a um Nível de Estudos Superior
Ao conferir o grau de mestre, este curso permite o acesso a estudos do terceiro ciclo, limitado ao quadro de condicionantes definido por cada programa doutoral.
Condições de Acesso e Ingresso

1. Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre:
a) Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal em Engenharia Civil, Arquitetura ou área afim;
b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo, nas áreas referidas na alínea a);
c) Titulares de um grau académico superior obtido no estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objectivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da FCTUC;
d) Em casos devidamente justificados, os detentores de um currículo científico e profissional relevante para a frequência deste ciclo de estudos e que, como tal, que seja reconhecido pelo Conselho Científico da FCTUC.
2 - O reconhecimento a que se referem as alíneas b) a d) do n.º 1 tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou o reconhecimento desse grau.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia
Se solicitado pelo estudante, será avaliada a possibilidade de creditação de aprendizagem prévia relevante (profissional ou académica), de acordo com o Regulamento de Creditação da Formação Anterior e de Experiência Profissional da UC e sem prejuízo da obrigatoriedade de realização das unidades curriculares de projeto e de dissertação na área específica em que o estudante se inscreve.
Enquadramento Legal da Qualificação
A obtenção do grau de Mestre é atribuída de acordo com o DL 74/2006, de 24 de Março
Saídas Profissionais
Sendo um Mestrado de Formação Avançada, espera-se que a maioria dos alunos que frequentam o curso estejam já no mercado de trabalho, pelo que a sua perspetiva não será a de uma nova saída profissional mas sim a de valorização dos conhecimentos e a de potenciar a sua própria competitividade na área específica de atuação. Face ao expectável incremento da atividade de reabilitação urbana, espera-se que estes alunos venham também a representar a aposta das empresas neste domínio, com alteração da atividade principal atual centrada na construção nova. Esta mudança de paradigma exige também uma maior qualificação dos técnicos das autarquias, das entidades financiadoras e das seguradoras, que são grandes empregadores do sector.
Regras de Avaliação e Classificação
As regras de avaliação são definidas para cada unidade curricular de acordo com o Regulamento Pedagógico da UC. Em cada uma delas, a classificação final será de 0 a 20 valores, sendo considerado aprovado o estudante que obtenha pelo menos uma classificação de 10 valores.
Requisitos para Obtenção da Qualificação

O curso encontra-se estruturado em três semestres letivos, cada um com 30 ECTS. No primeiro semestre todas a unidades curriculares são optativas. No segundo semestre todas as unidades curriculares são optativas, com exceção de “Projeto de Reabilitação Estrutural” (6 ECTS) e “Dissertação em Reabilitação Estrutural I” (12 ECTS), para os alunos do Ramo de Reabilitação Estrutural de Edifícios, e de “Projeto de Reabilitação Não Estrutural” (6 ECTS) e “Dissertação em Reabilitação Não Estrutural I” (12 ECTS), para os alunos do Ramo de Reabilitação Não Estrutural de Edifícios.
O terceiro semestre é inteiramente dedicado à elaboração da dissertação (com 30 ECTS neste semestre).
As unidades opcionais podem ser escolhidas a partir da oferta das diferentes áreas, desde que o aluno faça pelo menos 42 ECTS, com um mínimo de12 ECTS na área científica de Conhecimento Transversal e um mínimo de 18 ECTS na área científica do ramo escolhido (Reabilitação Estrutural ou Reabilitação Não Estrutural). Em cada edição do curso poderão funcionar apenas algumas das unidades opcionais, a definir atempadamente.

Plano de Estudos
Percursos
Avisos de Abertura
Calendário
1º Semestre
Data de início: 11-09-2017
Data de fim: 21-12-2017
2º Semestre
Data de início: 05-02-2018
Data de fim: 30-05-2018
Acreditações
- A3ES
Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
Período(s)
  • 2015-06-18 a 2021-06-17
R/A - CR 161/2015 - DGES
Direcção Geral de Ensino Superior
Período(s)
  • 2015-08-03