a carregar...

Doutoramento em Sistemas Sustentáveis de Energia

Departamento de Engenharia Mecânica

abrir site outros cursos
Ano lectivo

2017-2018

Código DGES

5271

Tipo de Curso

3º Ciclo - Doutoramento

Qualificação Atribuída

Doutor

Duração

4 Ano(s)

Créditos ECTS

240.0

Propina Anual

2750.0 €

Coordenador(es) do Curso

Manuel Carlos Gameiro da Silva (manuel.gameiro@dem.uc.pt)

Objetivos Gerais do Curso
O 3º ciclo em Sistemas Sustentáveis de Energia (SSE) decorre no âmbito da iniciativa da Energia para a Sustentabilidade (EfS) da UC e visa formar Doutores com capacidade de intervenção interdisciplinar em áreas como utilização eficiente de energia e produção de energia, centralizada e descentralizada, bem como distribuição da energia, numa perspectiva de desenvolvimento sustentável. Os Doutores em SSE/EfS têm competências nos domínios tecnológicos associados a estas áreas bem como nos da economia da energia e do ambiente, possuem capacidade de análise de sistemas e das inter-relações entre sistemas, ficam habilitados a desenvolver investigação e a equacionar problemas de elevada complexidade no âmbito do binómio energia-ambiente, lidando com tópicos como a avaliação da sustentabilidade de sistemas, incluindo o uso da modelação de ciclo de vida, a análise de fluxos de materiais, a aplicação de sistemas de apoio à decisão, a análise económica e de mercados e modos de regulação.
Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver
O 3º ciclo em Sistemas Sustentáveis de Energia (SSE) visa formar Doutores com capacidade de intervenção interdisciplinar em áreas como utilização eficiente de energia e produção de energia, centralizada e descentralizada, bem como distribuição da energia, numa perspetiva de desenvolvimento sustentável. Os Doutores em SSE têm competências nos domínios tecnológicos associados a estas áreas bem como nos da economia da energia e do ambiente, possuem capacidade de análise de sistemas e das inter-relações entre sistemas, ficam habilitados a desenvolver investigação e a equacionar problemas de elevada complexidade no âmbito do binómio energia-ambiente, lidando com tópicos como a avaliação da sustentabilidade de sistemas, incluindo o uso de modelação de ciclo de vida, a análise de fluxos de materiais, a aplicação de sistemas de apoio à decisão, a análise económica e de mercados e modos de regulação.
Regime de Estudo
Regime de Tempo Integral
Acesso a um Nível de Estudos Superior
Não aplicável.
Condições de Acesso e Ingresso

1. Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de doutor:
a) Os titulares do grau de mestre ou equivalente legal;
b) Os titulares do grau de licenciado, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra;
c) Os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
2 - O reconhecimento a que se referem as alíneas b) e c) do n.º 1 tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de doutor e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou mestre, ou o seu reconhecimento.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia
É possível o reconhecimento da formação obtida em instituições de ensino superior nacionais ou estrangeiras ou experiência profissional anterior, desde que pertinente e coerente com o conteúdo científico do ciclo de estudos. A formação obtida anteriormente deverá ser devidamente comprovada e poderá traduzir-se na atribuição de creditações a unidades curriculares do curso. Os trâmites e limites a observar estão dispostos no Regulamento de Creditação de Formação Anterior e de Experiência Profissional da Universidade de Coimbra.
Enquadramento Legal da Qualificação
O SSE está organizado em 4 anos, durante os quais os alunos deverão realizar 240 ECTS, ao abrigo do disposto no DL 74/2006, de 24 de março, alterado pelo DL 107/2008, de 25 de junho, pelo DL 230/2009, de 14 de setembro, e pelo DL 115/2013 de 7 agosto.
Saídas Profissionais
Departamentos de Sustentabilidade de grandes empresas, Empresas das áreas de Energia, Ambiente, Construção Civil, Departamentos de Investigação e Desenvolvimento, Empresas de Projeto e Consultadoria, Ensino, Empresas de transportes, Planeamento Urbano.
Regras de Avaliação e Classificação
Sendo a avaliação uma atividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respetivas unidades curriculares no ano letivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária, nos termos do n.º 6 do artigo 4º do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra.
Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projetos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente.
A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores
Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública nos termos do nº 2 do artigo 7º do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra.
Requisitos para Obtenção da Qualificação

Para obter o grau de Doutor será necessário completar a parte escolar do curso, a que corresponde a 60 ECTS, bem como elaborar de uma dissertação de Doutoramento em Energia para a Sustentabilidade, correspondendo a 180 ECTS. 1º ano: 30ECTS de unidades curriculares obrigatórias e 30ECTS de unidades curriculares optativas, selecionadas entre as oferecidas pela UC e pelas instituições com as quais existe colaboração em cursos semelhantes (UP e UL). As unidades curriculares obrigatórias serão consideradas como os pilares do plano de estudo, sobre as quais o aluno alinhará a sua especialização. Todos os alunos obtêm assim uma base comum sobre não só sustentabilidade, sistemas de energia e questões ambientais, como também as ferramentas necessárias para desenvolverem trabalhos de investigação aplicada que os conduzirá a produtos e serviços inovadores.

Plano de Estudos
Acreditações
- A3ES
Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
Período(s)
  • 2014-01-29 a 2020-01-28
R/A-Ef 1534/2011 - DGES
Direcção Geral de Ensino Superior
Período(s)
  • 2011-03-18