Curso de Formação Envelhecimento Ativo e Saudável – Orientações para melhor gestão na Saúde e na Doença

Objetivos do Curso

O aluno deverá: 1 - saber discutir Epidemiologia, Biologia, Fisiopatologia do Envelhecimento, a importância da resposta imunoinflamatória no idoso. 2 - saber abordar a adesão aos planos de tratamento e problemática da polimedicação; aumentar a participação na independência funcional e promover ações para prevenir as quedas e suas consequências; prevenir a fragilidade e o declínio físico e cognitivo; otimizar competências na comunicação entre serviços clínicos integrados, cuidadores e profissionais de saúde, fornecer treino, informação e transferência de tecnologia para os pacientes/utilizadores; perceber que os espaços amigos do idoso são um recurso fundamental para a promoção da vida ativa e bem-estar e melhorar as capacidades de autogestão do idoso; saber que a nutrição é um pilar na prevenção das doenças crónicas e no declínio funcional e da fragilidade. 3 - adquirir conhecimentos para ajudar/tratar o idoso com alteração da mobilidade, acamamento, diabetes, défice cognitivo/demência, patologia crónica, dor, desnutrição, perturbações do sono, obstipação.

Condições de Acesso e Ingresso

População em geral, nomeadamente cuidadores de idosos, com preferência a profissionais na área de saúde.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Regime de Estudo

A distância

Língua(s) de Aprendizagem / Avaliação

Português

Regras de Avaliação

A classificação final será numa escala de 0 a 20 valores

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

O aluno adquirirá competências em três áreas 1 - nas teorias do processo do envelhecimento, nos fatores favorecedores e moduladores da resposta imunoinflamatória nas patologias crónicas mais presentes no idoso. 2 – terá capacidade de intervir na adesão aos planos de tratamento; aumentar a participação dos pacientes na sua independência funcional e promover ações para prevenir as quedas e as suas consequências; atuar na prevenção da fragilidade e declínio físico e cognitivo; otimizar meios de comunicação entre serviços clínicos integrados, cuidadores e profissionais de saúde, fornecer treino, informação e transferência de tecnologia para os pacientes/utilizadores; promover a vida ativa durante o envelhecimento e melhorar e manter as capacidades de autogestão; capacidade de saber aconselhar hábitos alimentares saudáveis. 3 - o aluno adquirirá competências para promover as boas práticas de tratamento do idoso com alteração da mobilidade, acamamento, diabetes, défice cognitivo/demência, patologia crónica, dor, desnutrição, perturbações do sono, obstipação.

Coordenador(es) do Curso

Anabela Mota Pinto
apinto@fmed.uc.pt

Enquadramento Legal da Qualificação

Regulamento n.º 339/2012, publicado no Diário da República n.º 152, 2.ª série, de 7 de agosto (Regulamento de Criação e Funcionamento de Cursos não Conferentes de Grau na Universidade de Coimbra)

Plano de Estudos

Envelhecimento Ativo e Saudável – Orientações para melhor gestão na Saúde e na Doença

Ano lectivo
2018-2019

Tipo de Curso
Curso Não Conferente de Grau

Qualificação Atribuída: Diploma/Certificado

Duração: 81 HORAS

Créditos ECTS: 3.0


Candidaturas

Avisos de Abertura


Ligações