Licenciatura em Jornalismo e Comunicação

Objetivos do Curso

a) Fornecer conhecimentos introdutórios teóricos e práticos em jornalismo e comunicação;
b) Desenvolver capacidades para a elaboração de mensagens adequadas às áreas da comunicação;
c) Introduzir o desenvolvimento atual das áreas de especialização afetas ao jornalismo e à comunicação;
d) Fornecer as bases do conhecimento das dinâmicas e os enquadramentos sociais, económicos, políticos, jurídicos, profissionais e deontológicos do jornalismo e da comunicação;
e) Desenvolver, de modo interdisciplinar, a aquisição de competências para selecionar, interpretar e aplicar literatura apropriada relativamente a conteúdos, contexto, objetivos e qualidade de informação;
f) Desenvolver a capacidade para pensar autónoma e criticamente, desempenhando tarefas e propondo soluções para a resolução de problemas no âmbito da área de formação;
g) Fornecer competências para empregar metodologias de estudo próprias da área de formação;
h) Permitir o acesso a ciclos de estudo posteriores.

Condições de Acesso e Ingresso

Uma das seguintes provas: Filosofia (06) ou História (11) ou Português (18). Classificações Mínimas Nota de Candidatura: 95 pontos. Provas de Ingresso: 95 pontos. Fórmula de Cálculo: Média do secundário: 50%; Provas de ingresso: 50%.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta à página da Direção Geral do Ensino Superior (DGES) e/ou a página dos Candidatos. Consultar página web da DGES e dos Candidatos

Saídas Profissionais

Jornalista, Repórter, Assessor de Imprensa, Profissional de Comunicação Organizacional, Professor, Investigador, Técnico Superior da Administração Pública, Quadro Superior da Administração Pública.

Regime de Estudo

Tempo integral, presencial e diurno

Língua(s) de Aprendizagem / Avaliação

Português

Regras de Avaliação

Sendo a avaliação uma atividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respetivas unidades curriculares no ano letivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária, nos termos do nº 6 do artigo 4º do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra. Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projetos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente. A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores. Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública na ficha anual de unidade curricular, nos termos do nº 2 do artigo 7º do RPUC.

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

a) Adquirir capacidade de produzir, de forma correta, eficaz e criativa, mensagens orais e escritas para diversos tipos de audiências;
b) Obter competências para analisar, organizar e comunicar, através de suportes variados, diferentes tipos de informação, com finalidades distintas;
c) Dominar os instrumentos teóricos e práticos que permitem pensar e operacionalizar as linguagens próprias de cada um dos meios de comunicação tradicionais, nas suas formas modernas combinadas (multimédia);
d) Manusear as tecnologias e os sistemas utilizados para selecionar, elaborar e transmitir informação, bem como as principais correntes e teorias que os formalizam e criticam;
e) Adquirir capacidade para ler e analisar textos e documentos especializados de qualquer tema relevante, sabendo resumi-los ou adaptá-los a uma linguagem compreensível para o público em geral;
f) Dominar os princípios da deontologia profissional do jornalismo e da comunicação, assim como do ordenamento jurídico da comunicação.

Coordenador(es) do Curso

Rita Joana Basílio de Simões
rbasilio@fl.uc.pt

Coordenador de mobilidade

Sílvio Manuel Rodrigues Correia dos Santos
uc37244@uc.pt

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia

De acordo com o Regulamento de Creditação de Formação Anterior e de Experiência Profissional da Universidade de Coimbra.

Enquadramento Legal da Qualificação

A qualificação tem enquadramento no Decreto-Lei nº 74/2006 de 24 de março, na redação atual; Portaria nº 782/2009, de 23 de julho

Requisitos para Obtenção da Qualificação

Obtenção de aproveitamento a um conjunto de unidades curriculares que perfaçam um total de 180 ECTS.

Acesso a um Nível de Estudos Superior

A qualificação dá acesso a formação de nível superior, nomeadamente a estudos de segundo ciclo.

Plano de Estudos

Percursos
Jornalismo e Comunicação
Jornalismo e Comunicação com Menor

Ano lectivo
2018-2019

Tipo de Curso
1º Ciclo - Licenciatura

Código DGES: 9773

Qualificação Atribuída: Licenciado

Duração: 6 Semestre(s)

Créditos ECTS: 180.0


Candidaturas

Avisos de Abertura


Calendário

1º Semestre
Data de início: 10-09-2018
Data de fim: 20-12-2018
2º Semestre
Data de início: 04-02-2019
Data de fim: 30-05-2019

Acreditações

Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
2015-04-24 a 2021-04-23
Direcção Geral de Ensino Superior
2015-05-27