a carregar...

Curso de Formação de Preparação para o Exame DELE - nível superior

Faculdade de Letras

abrir site outros cursos
Ano lectivo

2013-2014

Tipo de Curso

Curso Não Conferente de Grau

Qualificação Atribuída

Diploma/Certificado

Duração

40 HORAS

Créditos ECTS

2.0

Preço

130.0 €

Objetivos Gerais do Curso
O Curso de preparação para o Exame DELE - oferece formação de nível superior a estudantes que que pretendam apresentar-se de forma independente ao exame de obtenção do C2 DELE (Diploma de Espanhol como Língua Estrangeira C2) na sede do Instituto Cervantes.

O Curso de preparação para o Exame DELE - nível superior, através de uma abordagem comunicativa segue o modelo pedagógico publicado pelo Instituto Cervantes para preparação para o exame DELE. Consta de cinco Unidades Didáticas (UD) que exploram os conteúdos funcionais, gramaticais, lexicais e socioculturais, que o Instituto Cervantes estabelece como Plano Curricular para este nível. Cada UD desenvolve uma temática geral em torno da qual se realizam diversas atividades destinadas a desenvolver as diferentes competências comunicativas (ouvir, compreensão de leitura, escrita e expressão oral e interacção). Pretende-se conseguir que os alunos alcancem os objectivos estabelecidos pelo Instituto Cervantes para passar com êxito o referido exame.
Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver
De acordo com o Plano Curricular do Instituto Cervantes, os alunos com competência C2 em Espanhol, Língua Estrangeira, devem cumprir os seguintes objetivos:
• Possuir competências linguísticas e não linguísticas e conhecimentos da língua falada suficientes para lidar com todas as situações, mesmo imprevistas em que se possam ver envolvidos;
• Expressar-se com precisão, propriedade e facilidade sendo capazes de transmitir matizes subtis de significado;
• Mover-se em diferentes registos linguísticos e ter um bom domínio de expressões idiomáticas e coloquiais;
• Em situações particularmente sensíveis ou complexas, saber lidar com as dificuldades comunicação com tal habilidade e discrição que o interlocutor dificilmente delas se apercebe;
• Ter capacidade linguística suficiente para compreender as implicações de um contrato ou de um documento administrativo, inquirir sobre áreas de trabalho diferentes da sua, fazer avaliações subtis de uma proposta, descrever sintomas não visíveis de uma doença, enfrentar situações profissionais não habituais, etc..
•Ter um bom domínio de expressões idiomáticas e coloquiais para poder apreciar os níveis conotativos de significado;
• Ter consciência das implicações de caráter sociolinguístico e sociocultural usadas por falantes nativos e reagir em conformidade;
• Ser capaz de comunicar efetivamente entre os falantes de espanhol e da sua comunidade de origem, tendo em conta as diferenças socioculturais e sociolinguísticas;
• Poder compreender qualquer interlocutor, mesmo quando se trata de temas de natureza complexa e especializada e temas abstratos que ultrapassam o seu campo de especialidade, sempre que, se necessário, seja feito com um sotaque que não é o padrão;
• Converse confortavelmente e de forma adequada em todas as situações da vida social e pessoal. Ser capaz de formular pensamentos com precisão, enfatizar e saber lidar com a ambiguidade;
• Participar plenamente no trabalho ou na vida académica, sem grande desvantagem em relação a falantes nativos.
• Ser capaz de entender qualquer texto, transmitida verbalmente ou por escrito, recebido de forma direta ou por retransmissão;
• Ser capaz de compreender qualquer tipo de discurso, mesmo com o ritmo muito rápido dos falantes nativos, tanto em conversas cara a cara como em discursos retransmitidos;
• Entender conferências especializadas e apresentações, embora contendo um alto grau de coloquialismos, regionalismos ou terminologia desconhecida;
• Em termos de linguagem escrita, ser capaz de compreender e interpretar criticamente qualquer tipo de texto, incluindo texto abstratos e de estrutura complexa e textos literários e não literários, com muitas expressões coloquiais. Ser capaz de apreciar distinções sutis de estilo e significado, tanto implícitas como explícitas;
• Em apresentações públicas, estar ciente das implicações e alusões do que é dito e ser capaz de tomar notas bem como das palavras usadas pelo conferencista.
• Ser capaz de transmitir o conteúdo dos textos, sem dificuldade, gerir e combinar fontes diversas, e ser capaz de fazer a súmula dos argumentos e factos de um modo coerente.
Regime de Estudo
Presencial
Condições de Acesso e Ingresso

candidatos com idade igual ou superior a 16 anos.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Enquadramento Legal da Qualificação
Regulamento n.º 339/2012, publicado no Diário da República n.º 152, 2.ª série, de 7 de agosto (Regulamento de Criação e Funcionamento de Cursos não Conferentes de Grau na UC).
Regras de Avaliação e Classificação
O curso de preparação para o Exame DELE – nível Superior segue uma avaliação contínua, em que a aprendizagem de cada formando é acompanhada pelo professor, não há qualquer prova ou avaliação final, visto que se trata de um curso destinado a preparar o aluno para se apresentar de forma independente ao exame DELE do Instituto Cervantes.
Requisitos para Obtenção da Qualificação

Por norma, a avaliação de conhecimentos dos nossos discentes rege-se pela avaliação contínua em que se exige 75% de presenças e a realização de duas provas de avaliação. Tomam-se também em linha de conta outros fatores como a participação durante as aulas, a realização de trabalhos de casa e tarefas realizadas ao longo do curso. No final de cada nível, é possível solicitar a emissão do certificado correspondente desde que o aluno tenha tido aproveitamento.

Plano de Estudos
Calendário
1º Semestre
Data de início: 16-09-2013
Data de início (primeiro ano): 16-09-2013
Data de fim: 21-12-2013
2º Semestre
Data de início: 10-02-2014
Data de fim: 31-05-2014