Curso de Formação em Escrita Técnica em Português

Objetivos do Curso

O curso destina-se a desenvolver as competências de escrita em contextos formais. É especialmente vocacionado para profissionais, integrados em organizações, que tenham de redigir textos numa base quotidiana.

Condições de Acesso e Ingresso

Mínimo - 12.º ano de escolaridade ou equivalente. Falantes lusófonos, tendo conhecimentos de Português ao nível C1 do Quadro Europeu Comum de Referência, de preferência tendo o Português como língua materna ou primeira.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Regime de Estudo

Presencial

Regras de Avaliação

Escala Qualitativa (Excelente; Muito Bom; Bom; Suficiente); Escala Quantitativa (0 a 20 valores).

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

No final do curso, o/as estudantes deverão ser capazes de (i) produzir diferentes textos formais / técnicos; (ii) planificar a atividade de escrita e a construção dos textos; (iii) redigir com clareza e correção, utilizando o registo formal e cuidado, estruturas gramaticais da norma-padrão do Português Europeu, o novo acordo ortográfico e as regras de pontuação; (iv) expor e argumentar por escrito; (v) reunir e a apresentar por escrito conteúdos técnicos, respeitando tipologias específicas (ex.: correspondência formal, relatórios, propostas); (vi) editar e a rever textos próprios e alheios.

Enquadramento Legal da Qualificação

Regulamento n.º 339/2012, publicado no Diário da República n.º 152, 2.ª série, de 7 de agosto (Regulamento de Criação e Funcionamento de Cursos não Conferentes de Grau na UC).

Plano de Estudos

Escrita Técnica em Português

Ano lectivo
2013-2014

Tipo de Curso
Curso Não Conferente de Grau

Qualificação Atribuída: Diploma/Certificado

Duração: 60 HORAS

Créditos ECTS: 2.0


Candidaturas

Avisos de Abertura


Ligações