a carregar...

Mestrado em Design e Multimédia

Departamento de Engenharia Informática

abrir site outros cursos
Ano lectivo

2017-2018

Plano de estudos em processo de alteração para 2017/2018.

Código DGES

6484

Tipo de Curso

2º Ciclo - Mestrado de Continuidade

Qualificação Atribuída

Mestre

Duração

4 Semestre(s)

Créditos ECTS

120.0

Categoria

Mestrado de Continuidade

Coordenador(es) do Curso

Licínio Gomes Roque (lir@dei.uc.pt)

Coordenador(es) Departamental(ais) ECTS

João Paulo da Silva Machado Garcia Vilela (jpvilela@dei.uc.pt)

Jorge Miguel Sá Silva (sasilva@dei.uc.pt)

Objetivos Gerais do Curso
O Mestrado em Design e Multimédia privilegia uma sólida formação interdisciplinar contemplando os conhecimentos, capacidades e competências de base que permita aos futuros mestres intervir de forma criativa e inovadora nos diversos domínios de exploração dos novos média digitais.
O curso orienta-se para a preparação de profissionais especializados na conceção de produtos e serviços para os novos média, combinando uma formação em design com componentes de tecnologias de informação. Deste modo, preparam-se os novos Mestres para o trabalho em equipas multidisciplinares, onde serão capazes de traduzir as diversas linguagens envolvidas e mobilizar eficazmente as tecnologias de informação, adequando-as à forma como comunicamos, percecionamos, pensamos ou interagimos com o mundo que nos rodeia. De particular relevância afigura-se neste curso a formação em áreas relacionadas com o design de interação, o design de interfaces, o design web, e a produção digital.
No plano metodológico privilegia-se uma abordagem pedagógica centrada nas competências, identificando nas diferentes unidades curriculares as competências genéricas e específicas relevantes para o 2º ciclo em Design e Multimédia. As opções metodológicas articulam-se naturalmente com as decisões curriculares subjacentes à definição da organização do curso, de forma a garantir o equilíbrio entre as competências instrumentais, sistémicas e interpessoais. Procurou-se também refletir estes três tipos de competências no seio de cada unidade curricular, à luz dos objetivos da unidade curricular.
Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver
No plano metodológico privilegia-se uma abordagem pedagógica centrada nas competências, identificando nas diferentes unidades curriculares as competências genéricas e específicas relevantes para o 2º ciclo em Design e Multimédia. As opções metodológicas articulam-se naturalmente com as decisões curriculares subjacentes à definição da organização do curso, de forma a garantir o equilíbrio entra as competências instrumentais, sistémicas e interpessoais. Procurou-se ainda refletir estes três tipos de competências no seio e à luz de cada unidade curricular.
Regime de Estudo
O Curso é ministrado em horário diurno, em tempo integral e regime presencial
Acesso a um Nível de Estudos Superior
O ciclo de estudos não dá acesso automático a nível de estudos superior.
Condições de Acesso e Ingresso

1. Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre:
a) Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal em: Design, Informática, Comunicações e Multimédia e licenciaturas afins;
b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo, nas áreas referidas na alínea a);
c) Titulares de um grau académico superior obtido no estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objectivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da FCTUC;
d) Em casos devidamente justificados, os detentores de um currículo científico e profissional relevante para a frequência deste ciclo de estudos e que, como tal, que seja reconhecido pelo Conselho Científico da FCTUC.
2 - O reconhecimento a que se referem as alíneas b) a d) do n.º 1 tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou o reconhecimento desse grau.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia
Aprendizagem prévia pode ser reconhecida de acordo com o regulamentado pela Universidade de Coimbra.
Enquadramento Legal da Qualificação
Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado e republicado pelo DL n.º 107/2008, de 25 de Junho; Portaria n.º 782/2009, de 23 de Julho. A criação do curso e respectivo e plano de estudos enquadra-se no Despacho nº 7553/2008.
Saídas Profissionais
O Mestre em Design e Multimédia será capaz de explorar competências no campo do design de soluções de interacção enquanto fonte de mais valias e de criatividade na concepção de soluções inovadoras. Será ainda capaz de dialogar e coordenar equipas de projecto multifuncionais, estabelecendo a ponte com os especialistas das diversas áreas.
Entre os perfis profissionais possíveis salientam-se os seguintes:
• Designer de aplicações multimédia
• Web Designer
• Designer de Interacção
• Designer de Comunicação
• Designer de Interfaces
• Especialista de produção de conteúdos digitais
• Programador Web
• Programador
• Especialista em Concepção de Software
• Especialista em Sistemas de Informação
• Modelador Gráfico
• Investigador em Design e Multimédia.
• Designer de Jogos
Regras de Avaliação e Classificação
Sendo a avaliação uma atividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respetivas unidades curriculares no ano letivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária, nos termos do nº 6 do artigo 4º do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra. Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projetos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente. A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores. Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública na ficha de unidade curricular, nos termos do nº 2 do artigo 7.º do RPUC.
Requisitos para Obtenção da Qualificação

O grau ou diploma será obtido pela reunião da totalidade dos créditos requeridos (120 ECTS). Mais detalhes em http://www.uc.pt/fctuc/design-e-multimedia/mdm/plano.

Plano de Estudos
Avisos de Abertura
Calendário
1º Semestre
Data de início: 11-09-2017
Data de fim: 21-12-2017
2º Semestre
Data de início: 05-02-2018
Data de fim: 30-05-2018
Acreditações
- A3ES
Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
Período(s)
  • 2017-01-04 a 2023-01-03
R/A-Ef 1559/2011 - DGES
Direcção Geral de Ensino Superior
Período(s)
  • 2011-03-18