a carregar...

Mestrado em Ensino de Física e de Química no 3.º ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário

Departamento de Física

abrir site outros cursos
Ano lectivo

2017-2018

Código DGES

6452

Tipo de Curso

2º Ciclo - Mestrado de Especialização Avançada

Qualificação Atribuída

Mestre

Duração

4 Semestre(s)

Créditos ECTS

120.0

Categoria

Mestrado de Especialização Avançada

Coordenador(es) do Curso

Décio Ruivo Martins (decio@fis.uc.pt)

Coordenador(es) Departamental(ais) ECTS

Maria Isabel Silva Ferreira Lopes (isabel@lipc.fis.uc.pt)

Objetivos Gerais do Curso
Os objetivos gerais deste ciclo de estudos:
- Enquadram-se na habilitação profissional para a docência de física e de química no 3º ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário (3º CEB & ES), pretendendo-se que os alunos desenvolvam conhecimentos, habilidades e competências requeridas para professores de física e de química, no quadro da Lei de Bases do Sistema Educativo, de orientações gerais de política educativa, de programas, metas e orientações curriculares pertinentes;
- Consideram perfis gerais e específicos de desempenho profissional, orientações de política educativa nacional e orientações curriculares para os 3º CEB & ES, condições socioeconómicas e mudanças emergentes na sociedade, na escola e nos papéis do professor, evolução científica e tecnológica e os contributos relevantes da investigação educacional, visando assegurar aprendizagens requeridas para professores de física e de química e para o seu desenvolvimento profissional.
Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver
Os principais objetivos do ciclo de estudos são os seguintes:
• Construir conhecimentos sólidos dos conteúdos programáticos e orientações curriculares vigentes dos Ensinos Básico e Secundário de Física e de Química, e de metodologias corretas e adequadas, do ponto de vista científico e pedagógico.
• Utilizar na prática pedagógica conhecimentos adquiridos nas áreas de estudo, bem como os relacionados com os aspetos educacionais específicos, incluindo a planificação de aulas, elaboração e desenvolvimento de materiais e recursos didáticos, de acordo com modelos de ensino vigentes.
• Fomentar a adaptação de ensino a variadas situações de aprendizagem e desenvolvimento humano, tanto em termos de ensino a alunos de diversos níveis etários, capacidades e disponibilidade para aprender, como perante mudanças e inovações, designadamente alterações curriculares, desenvolvimento de projetos interdisciplinares, entre outras.
• Fomentar boas práticas de avaliação e aprendizagem.
• Adquirir conhecimentos sobre realidades escolares, incluindo enquadramento legislativo da organização das escolas, que estimulem cooperação com órgãos diretivos das escolas e com a comunidade escolar.
Regime de Estudo
Regime diurno / presencial
Acesso a um Nível de Estudos Superior
Acesso a 3º ciclo de estudos em física, química, educação em ciências, história das ciências e ciências da educação.
Condições de Acesso e Ingresso

1 - De acordo com o Decreto Lei n.º 79/2014, de 14 de maio, podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre, os candidatos que satisfaçam, cumulativamente, as seguintes condições:
a) Serem titulares de uma licenciatura ou uma das habilitações referidas nas alíneas a) a c) do n.º 1 do art. 17º do Decreto Lei n.º 115/2013, de 7 de agosto;
b) Tenham obtido, quer no quadro da habilitação académica a que se refere a alínea anterior, quer em outros ciclos de estudos do ensino superior, um mínimo de 120 créditos (ECTS) no conjunto das duas áreas disciplinares (Física e Química) e nenhuma com menos de 50 créditos;
c) Obterem aprovação em prova, escrita e oral, destinada à aferição do domínio da língua portuguesa e da capacidade de argumentação lógica e crítica.
2. Poderá ainda candidatar-se quem, cumprindo os requisitos das alíneas a) e c) do n.º 1 do art. 17º do Decreto Lei n.º 115/2013, de 7 de agosto, mas não da alínea b), tenha obtido nas áreas de docência 75% dos créditos necessários.
3 - Poderá ainda candidatar-se quem, cumprindo os requisitos das alíneas b) e c) do n.º 1 do art. 17º do Decreto Lei n.º 115/2013, de 7 de agosto, mas não da alínea a), seja detentor de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da FCTUC;

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia
O reconhecimento da aprendizagem prévia é efetuado de acordo com o estabelecido no Regulamento de Creditação de Formação Anterior e de Experiência Profissional da UC.
Enquadramento Legal da Qualificação
Decreto-Lei nº 79/2014 de 14 de maio
Saídas Profissionais
Titulares de habilitação profissional para a docência nos termos definidos no Artigo 4º do Decreto-Lei nº 79/2014, de 14 de maio.
Regras de Avaliação e Classificação
Nos termos definidos no Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra: Regulamento n.º 321/2013 de 23 de agosto.
Requisitos para Obtenção da Qualificação

Defesa pública de uma dissertação. Mínimo de 50 ECTS em cada uma das áreas científicas Física e Química, com mínimo de 120 ECTS no conjunto das duas áreas.

Plano de Estudos
Avisos de Abertura
Calendário
1º Semestre
Data de início: 11-09-2017
Data de fim: 21-12-2017
2º Semestre
Data de início: 05-02-2018
Data de fim: 30-05-2018
Acreditações
- A3ES
Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
Período(s)
  • 2015-07-23 a 2018-07-22
R/A-Ef 1572/2011 - DGES
Direcção Geral de Ensino Superior
Período(s)
  • 2011-03-18