a carregar...

Mestrado em Ecologia

Departamento de Ciências da Vida

abrir site outros cursos
Ano lectivo

2017-2018

Código DGES

9408

Tipo de Curso

2º Ciclo - Mestrado de Especialização Avançada

Qualificação Atribuída

Mestre

Duração

4 Semestre(s)

Créditos ECTS

120.0

Categoria

Mestrado de Especialização Avançada

Coordenador(es) do Curso

Cristina Maria Moreira Monteiro Leal Canhoto (ccanhoto@ci.uc.pt)

Coordenador(es) Departamental(ais) ECTS

António Manuel Santos Carriço Portugal (aportuga@bot.uc.pt)

Objetivos Gerais do Curso
O Mestrado em Ecologia tem como objetivo oferecer uma formação especializada, inter- e multidisciplinar, a um nível avançado, em diferentes áreas da Ecologia e Ciências Ambientais. A formação científica e técnica adquirida neste Mestrado é fundamental para (a) compreender o funcionamento dos ecossistemas, (b) avaliar os efeitos dos principais tipos de pressões ambientais ao nível dos sistemas biológicos e (c) promover uma correta conservação, recuperação e gestão sustentável dos ecossistemas e dos serviços por eles providenciados. Pretende-se formar profissionais altamente qualificados com perfil vocacionado para o mercado de trabalho na área do Ambiente – e.g. biomonitorização ambiental (áreas pública e privada), conservação de espécies e áreas protegidas, recuperação de habitats degradados - ou com perfil vocacionado para Investigação Fundamental e Aplicada em sistemas terrestres, de água doce e marinhos.
Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver
O Mestre em Ecologia (a) possui conhecimentos ao nível da estrutura e funcionamento dos ecossistemas; (b) tem competência para analisar os efeitos dos agentes de stress a diferentes níveis de organização biológica utilizando técnicas tradicionais e técnicas de ponta; (c) possui competências teóricas e práticas para intervir ao nível da biomonitorização, conservação e recuperação dos sistemas biológicos. O Mestre em Ecologia tem os conhecimentos necessários para contribuir, de forma ativa, para uma gestão sustentável dos ecossistemas (terrestres, de água doce e marinhos).
Regime de Estudo
Regime de tempo integral, presencial e diurno
Acesso a um Nível de Estudos Superior
O Mestrado em Ecologia permite ingressar num Programa de Doutoramento na área de Ecologia e/ou Ciências Ambientais ou áreas relacionadas.
Condições de Acesso e Ingresso

1. Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre:
a) Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal;
b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;
c) Titulares de um grau académico superior obtido no estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objectivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da FCTUC;
d) Em casos devidamente justificados, os detentores de um currículo científico e profissional relevante para a frequência deste ciclo de estudos e que, como tal, que seja reconhecido pelo Conselho Científico da FCTUC.
2 - O reconhecimento a que se referem as alíneas b) a d) do n.º 1 tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou o reconhecimento desse grau.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia
A experiência adquirida formalmente durante o primeiro ciclo, ou não formalmente através da participação em atividades extra-curriculares ligadas à Ecologia e Ciências Ambientais será tida em conta aquando do processo de seriação dos candidatos. Esta constitui uma mais-valia na integração dos alunos nas diferentes equipas de investigação e na escolha do projecto de investigação. Sempre que adequado, será realizada a creditação de formação anterior e/ou de experiência profissional, de acordo com o “Regulamento de Creditação de Formação Anterior e de Experiência Profissional da Universidade de Coimbra” (Regulamento n.º 191/2014; Diário da República, 2.ª série, N.º 93 de 15 de maio de 2014).
Enquadramento Legal da Qualificação
A qualificação tem enquadramento no Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado e republicado pelo DL n.º 107/2008, de 25 de Junho; Portaria n.º 782/2009, de 23 de Julho.
Saídas Profissionais
Investigação: prossecução de uma carreia de investigação via ingresso em programas Doutorais (saída mais comum); Quadros de empresas privadas ligadas a consultoria ambiental; Quadros de instituições do Estado ligadas, ou não, a agências ambientais (e.g. Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Câmaras Municipais, Parques Naturais e Reservas); Quadros de organizações não governamentais.
Regras de Avaliação e Classificação
As regras de avaliação variam consoante a unidade curricular. Na maioria das disciplinas a avaliação é efetuada via a realização de trabalhos escritos muitas vezes complementadas com apresentações orais ou por apresentações orais. Noutras unidades curriculares a avaliação é efetuada via a realização de um exame. A classificação segue a escala Portuguesa de 0 a 20 valores sendo depois transformada (no caso dos alunos do International Master in Applied Ecology) no sistema Europeu – sistema ECTS.
Requisitos para Obtenção da Qualificação

Defesa pública de uma dissertação

Plano de Estudos
Avisos de Abertura
Calendário
1º Semestre
Data de início: 11-09-2017
Data de fim: 21-12-2017
2º Semestre
Data de início: 05-02-2018
Data de fim: 30-05-2018
Acreditações
- A3ES
Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
Período(s)
  • 2014-12-23 a 2020-12-22
R/A-Ef 1561/2011 - DGES
Direcção Geral de Ensino Superior
Período(s)
  • 2011-03-18