a carregar...

Pós-Graduação em Qualidade e Segurança em Cuidados de Saúde

Faculdade de Medicina

abrir site outros cursos
Ano lectivo

2011-2012

Código DGES

3895

Tipo de Curso

Curso Não Conferente de Grau

Qualificação Atribuída

Diploma/Certificado

Duração

1 Ano(s)

Créditos ECTS

60.0

Coordenador(es) do Curso

Rui Manuel Carvalho Marques Santos (rsantos@fmed.uc.pt)

Coordenador(es) Departamental(ais) ECTS

Rui Manuel Carvalho Marques Santos (rsantos@fmed.uc.pt)

Objetivos Gerais do Curso
O Curso Pós-Graduado de Qualidade e Segurança em Cuidados de Saúde tem como objectivo capacitar os formandos com competências na área da Qualidade e Segurança do Doente, que lhes permita prestar assistência segundo os princípios fundamentais de qualidade e segurança, além de contribuir para as mudanças necessárias à melhoria contínua da qualidade.
Os objectivos específicos podem ser enumerados: Dominar os conceitos de qualidade, qualidade em saúde e segurança do doente; Saber usar indicadores de qualidade, quer para avaliação, monitorização ou comparação; Conhecer e saber aplicar estratégias de melhoria da qualidade e de segurança do doente; Saber a legislação sobre a Saúde com implicações na qualidade e segurança; Conhecer os direitos e deveres do doente; Conhecer o erro médico, os factores que lhe estão subjacentes e o modo como podem ser analisados e prevenidos
Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver
Competências a desenvolver pelos estudantes: Conhecer a legislação sobre Qualidade em Saúde e Segurança do Doente; Saber os direitos e deveres dos doentes; Saber os conceitos de erro médico, factores contributivos e como lidar com o problema de modo a diminuir a sua incidência; Saber o que são organizações de alta segurança e como se podem transformar as unidades de saúde
Regime de Estudo
Regime de tempo parcial , Misto, Pós Laboral
Acesso a um Nível de Estudos Superior
A pós-Graduação em Qualidade e Segurança em Cuidados de Saúde não confere grau, mas permite que o estudante tenha acesso a formação de nível superior, nomeadamente a estudos do segundo ciclo (mestrado).
Condições de Acesso e Ingresso

Os candidatos devem ter o grau de licenciado, mestrado integrado ou equivalente legal, nas áreas de Medicina, Medicina Dentária, Enfermagem, Psicologia, Ciências Farmacêuticas, Serviço Social, Tecnologias da Saúde e Gestão, ou com habilitação legalmente equivalente, e possuir conhecimento razoável sobre o sistema de saúde, preferencialmente com experiência profissional.
Os candidatos devem possuir um grau académico corresponde a licenciado ou bacharel na era pré Bolonha numa área relacionada com o sector da saúde. Devem ter ainda competências básicas de informática e estatística, bem como um domínio razoável da língua inglesa

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia
Aplica-se o disposto no Artigo 45º do Decreto –Lei nº 74/2006, de 24 de Março, com a redacção que lhe foi dada pelo DL nº107/2008, de 25 de Junho.
Enquadramento Legal da Qualificação
A qualificação tem enquadramento no Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado e republicado pelo DL n.º 107/2008, de 25 de Junho; Portaria n.º 782/2009, de 23 de Julho.
Saídas Profissionais
Gestores de Qualidade, membros das Comissões de Qualidade e Segurança das Instituições de Saúde, elementos das estruturas de Qualidade de Serviços Clínicos e Não Clínicos. O perfil ocupacional é o correspondente a todos os profissionais de saúde com preocupação e necessidade de conhecimentos de qualidade e segurança em saúde.
Regras de Avaliação e Classificação
Sendo a avaliação uma actividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respectivas unidades curriculares no ano lectivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária, nos termos do n.º 7 do artigo 5º do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra. Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projectos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente. A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores. Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública nos termos do nº1 do artigo 8º do RPUC.
Requisitos para Obtenção da Qualificação

O Curso está estruturado em dois semestres com temas de Qualidade e Segurança do Doente distribuídos pelos dois. Integrado em unidades curriculares os alunos terão de completar o conjunto de cursos online do IHI Open School.

Plano de Estudos
Calendário
1º Semestre
Data de início: 12-09-2011
Data de fim: 13-01-2012
2º Semestre
Data de início: 20-02-2012
Data de fim: 22-06-2012