a carregar...

Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial

Departamento de Engenharia Mecânica

abrir site outros cursos
Ano lectivo

2017-2018

Código DGES

9104

Tipo de Curso

1º Ciclo - Licenciatura

Qualificação Atribuída

Licenciado

Duração

3 Ano(s)

Créditos ECTS

180.0

Coordenador(es) do Curso

Cristóvão Silva (cristovao.silva@dem.uc.pt)

Coordenador(es) Departamental(ais) ECTS

Fernando Jorge Ventura Antunes (fernando.ventura@dem.uc.pt)

Objetivos Gerais do Curso
A Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial tem por objetivo dotar os seus alunos de capacidades que lhes permitam planear e gerir sistemas, com fortes interações entre as variáveis humanas, financeiras, organizacionais e tecnológicas, proporcionando aos alunos uma formação sólida necessária para a sua integração no mercado de trabalho. Pretende-se assim formar quadros com competências para exercer atividades, no sector industrial e dos serviços, nas várias áreas de intervenção de um Engenheiro Industrial. O curso visa ainda fornecer uma base científica sólida na área da Engenharia e Gestão Industrial, proporcionando aos alunos as qualificações necessárias para prosseguir estudos de 2º ciclo. No final da sua formação espera-se que o aluno demonstre competências para: (1) utilizar os princípios da Engenharia e Gestão Industrial para resolver problemas reais e (2) ultrapassar os desafios colocados a ele próprio, à organização onde exerce a sua atividade e à comunidade.
Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver
As principais competências a desenvolver pelos alunos ao longo do curso são: Aplicar conhecimentos de matemática, ciências, engenharia e Gestão Industrial; Analisar e interpretar dados; Projetar um sistema ou processo para responder às necessidades considerando restrições realísticas de vários tipos – económicas, de produtividade e de qualidade; Trabalhar em equipas multidisciplinares; Identificar, formular e resolver problemas típicos de Engenharia e Gestão Industrial; Comunicar de forma eficaz; Reconhecer a necessidade e ter capacidade para prosseguir a sua formação ao longo da vida; Planear, implementar e melhorar sistemas que incluem pessoas, materiais, informação, e equipamentos, utilizando as ferramentas analíticas, computacionais e experimentais adquiridas ao longo do curso.
Regime de Estudo
Regime de tempo integral, presencial e diurno
Acesso a um Nível de Estudos Superior
Os titulares da Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial poderão ter acesso a um 2º ciclo de estudos, conducente ao grau de Mestre, em Engenharia e Gestão Industrial ou em engenharias afim.
Condições de Acesso e Ingresso

Os alunos acedem à LEGI através do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior, desde que tenham realizado as Provas Especificas de Ingresso de Matemática A (19) e Física e Química (07).
O acesso pode ainda ser feito através das candidaturas escola. A escola disponibiliza vagas destinadas aos casos de Mudanças de Curso, Reingressos, Transferências e aos Titulares de Cursos Médios e Superiores. As candidaturas a essas vagas são apreciadas pelo coordenador do curso.
A LEGI pode receber alunos estrangeiros em programas de mobilidade. Nesse caso as candidaturas e o respetivo plano de estudos a realizar são analisados pelo coordenador dos programas de mobilidade do DEM.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta à página da Direção Geral do Ensino Superior (DGES) e/ou a página dos Candidatos. Consultar página web da DGES e dos Candidatos

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia
Existe o reconhecimento de formação prévia de acordo com o Regulamento de Creditação de Formação Anterior e de Experiência Profissional da Universidade de Coimbra, Regulamento n.º 191/2014, Diário da República, 2º série, Nº 93 de 15 de maio de 2014.
Enquadramento Legal da Qualificação
A qualificação tem enquadramento no Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, na redação atual
Saídas Profissionais
A formação em Engenharia e Gestão Industrial é a resposta para uma figura profissional emergente; o Engenheiro-Gestor. Essa nova figura evoluiu naturalmente devido às necessidades do mundo industrializado. O seu papel consiste em planear e gerir sistemas complexos com uma forte interação entre variáveis tecnológicas, económicas e organizacionais, com um enfoque na eficiência, produtividade e qualidade. Dada a sua formação, o Licenciado em Engenharia e Gestão Industrial pode encontrar emprego em empresas industriais ou de serviços, consultoras e instituições financeiras, abarcando um vasto leque de atividades como: planear e gerir sistemas de produção ou logísticos, garantir a qualidade de produtos e serviços e a segurança dos operadores, gestão e planeamento da inovação e da tecnologia ou liderar processos de melhoria contínua.
Regras de Avaliação e Classificação
Sendo a avaliação uma atividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respetivas unidades curriculares no ano letivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária, nos termos do nº 6 do artigo 4º do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra. Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projetos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente. A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores. Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública através da ficha anual de unidade curricular, nos termos do nº 2 do artigo 7º do RPUC.
Requisitos para Obtenção da Qualificação

A LEGI obtém-se com a realização de unidades curriculares, correspondentes a um total de 180 ECTS. A LEGI não contempla a realização de estágios curriculares.

Plano de Estudos
Avisos de Abertura
Calendário
1º Semestre
Data de início: 11-09-2017
Data de fim: 21-12-2017
2º Semestre
Data de início: 05-02-2018
Data de fim: 30-05-2018
Acreditações
- A3ES
Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
Período(s)
  • 2015-02-18 a 2021-02-17
R/A-Ef 1540/2011 - DGES
Direcção Geral de Ensino Superior
Período(s)
  • 2011-03-18