Doutoramento em Antropologia

Objetivos do Curso

Este programa foi criado para responder às exigências atuais dos doutoramentos no espaço Europeu e para adaptar as atividades de estudo avançado e investigação à realidade actual na área da Antropologia. O Doutoramento em Antropologia tem como objectivos formar investigadores altamente qualificados em cada um dos três ramos de especialização: Antropolgia Biológica (AB), Antropologia Social e Cultural (ASC) e Antropologia Forense (AF). Este curso é o único a nível nacional com os ramos de AB e AF. O Curso tem como objectivos estudar a saude e a doença e o bem-estar; o conhecimento da variação humana numa perspectiva biocultural tanto nas populações passadas como na atualidade; as práticas culturais e representações sociais, políticas, museus e património; dinâmicas socio-culturais; evolução humana, ecologia humana, biologia do esqueleto, paleopatologia, genética, forense.

Condições de Acesso e Ingresso

a) Titulares do grau de mestre ou equivalente legal;
b) Titulares do grau de licenciado em Antropologia e áreas afins com pelo menos 4 anos de formação académica no Ensino Superior, a tempo integral, ou equivalente quando se trate de grau obtido no estrangeiro, e uma classificação final mínima de 18 valores;
c) Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Saídas Profissionais

Museus, Câmaras Municipais, Laboratórios, Instituições Forenses, Universidades, Investigação, Organizações da Sociedade Civil, Organizações Internacionais (ex: Agências da ONU), Empresas.

Regime de Estudo

Tempo-integral ; Presencial

Língua(s) de Aprendizagem / Avaliação

Português/ Inglês

Regras de Avaliação

Sendo a avaliação uma atividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respetivas unidades curriculares no ano letivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária, nos termos do nº 6 do artigo 4º do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra. Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projetos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente. A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores. Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública pela ficha anual de unidade curricular, nos termos do nº 2 do artigo 7º do RPUC.

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

Os objectivos do curso de 3º ciclo de estudos são proporcionar uma formação consistente e actualizada em Antropologia, em cada uma das três especializações: Antropologia Biológica, Antropologia Social e Cultural e Antropologia Forense. As unidades que constituem o plano curricular complementam-se de modo a dotar o aluno de conhecimentos e competências que lhe permitam competir e integrar equipas no mercado global.

Coordenador(es) do Curso

Fernando José Pereira Florêncio
fjpf@ci.uc.pt

Coordenador de mobilidade

Maria Manuela Pratas Alvarez
alvarez@antrop.uc.pt

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia

O reconhecimento da aprendizagem prévia é efetuada de acordo com o Regulamento de Creditação de Formação Anterior e de Experiência Profissional da Universidade de Coimbra.

Enquadramento Legal da Qualificação

Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado pelo Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de Junho, pelo Decreto-Lei n.º 230/2009, de 14 de Setembro, pelo Despacho nº7733/2007, de 26 de Abril e pelo Despacho nº 9060/2011, de 14 de Julho.

Requisitos para Obtenção da Qualificação

No primeiro ano os estudantes deverão realizar um conjunto de 60 ECTS. Após a obtenção desses 60 ECTS os alunos devem obter aprovação nos Seminários Avançados em Antropologia (num total de 6 ECTS) e dedicarem-se ao trabalho de investigação com vista à escrita da Tese (114 ECTS), que será avaliada por um júri em provas públicas.

Acesso a um Nível de Estudos Superior

O doutoramento em Antropologia permite o acesso a Pós – Doutoramento.

Plano de Estudos

Percursos
Antropologia Biológica
Antropologia Forense
Antropologia Social e Cultural

Ano lectivo
2021-2022

Tipo de Curso
3º Ciclo - Doutoramento

Código DGES: 5102

Qualificação Atribuída: Doutor

Duração: 6 Semestre(s)

Créditos ECTS: 180.0

Propina Anual: 2750.0


Candidaturas

Avisos de Abertura


Calendário

1º Semestre
Data de início: 20-09-2021
Data de fim: 18-12-2021
2º Semestre
Data de início: 07-02-2022
Data de fim: 21-05-2022

Acreditações

Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
2020-07-31 a 2026-07-30
Direcção Geral de Ensino Superior
2021-03-29

Documentos

27_2019_Decisão do Conselho de Administração

17_2019_Guião de autoavaliação