Programa Doutoral em Planeamento do Território

Entidade parceira: Universidade do Porto

Objetivos do Curso

Pretende desenvolver-se, através da cooperação entre duas escolas, a FEUP e a FCTUC, um programa de doutoramento, de grande qualidade, em Planeamento do Território, capaz de ser uma referência em termos internacionais e de atrair, de todo o mundo, estudantes de elevado potencial.

Condições de Acesso e Ingresso

1. Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de doutor:
a) Os titulares do grau de mestre ou equivalente legal;
b) Os titulares do grau de licenciado, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra;
c) Os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
2 - O reconhecimento a que se referem as alíneas b) e c) do n.º 1 tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de doutor e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou mestre, ou o seu reconhecimento.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Regime de Estudo

O Curso é ministrado em horário diurno.

Língua(s) de Aprendizagem / Avaliação

Português

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

A realização do Programa Doutoral em Planeamento do Território vai permitir aos estudantes adquirir os conhecimentos, capacidades e competências seguintes:
(1) Conhecimento avançado das dinâmicas espaciais contemporâneas, e da teoria do planeamento;
(2) Capacidade avançada de realização de um trabalho de investigação original que contribua para o alargamento das fronteiras do conhecimento, respeitando as exigências impostas pelos padrões de qualidade e integridade académicas.
(3) Capacidade avançada para analisar criticamente, avaliar e sintetizar ideias novas e complexas.
(4) Competências avançadas para comunicar resultados científicos aos seus pares, à restante comunidade académica e à sociedade em geral.
(5) Competências avançada para promover em contexto académico e/ou profissional o progresso tecnológico, social e cultural.

Coordenador(es) do Curso

António José Pais Antunes
antunes@dec.uc.pt

Enquadramento Legal da Qualificação

A qualificação tem enquadramento no Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de março, alterado e republicado pelo DL n.º 107/2008, de 25 de junho; Portaria n.º 782/2009, de 23 de julho.

Requisitos para Obtenção da Qualificação

O Programa Doutoral em Planeamento do Território (PDPT) integra uma parte escolar – correspondente ao curso de doutoramento (não conferente de grau) – com 60 ECTS e a elaboração de uma tese de doutoramento, com 120 ECTS. A parte escolar compreende 4 unidades curriculares obrigatórias, e 3 unidades curriculares optativas. Pelo menos duas das unidades curriculares optativas têm de ser escolhidas entre as indicadas explicitamente no plano de estudos como optativas. A restante pode ser escolhida de entre quaisquer outras unidades curriculares de doutoramentos das universidades a que pertencem as escolas do Programa Doutoral
em Planeamento do Território ou de escolas com que elas tenham protocolos de colaboração ao nível do doutoramento. A escolha tem de ter o acordo da Comissão Científica do Programa Doutoral.

Plano de Estudos

Planeamento do Território

Ano lectivo
2018-2019

Tipo de Curso
3º Ciclo - Doutoramento

Código DGES: 5851

Qualificação Atribuída: Doutor

Duração: 6 Semestre(s)

Créditos ECTS: 180.0

Propina Anual: 2750.0


Candidaturas

Avisos de Abertura


Calendário

1º Semestre
Data de início: 10-09-2018
Data de fim: 20-12-2018
2º Semestre
Data de início: 04-02-2019
Data de fim: 30-05-2019

Acreditações

Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
2011-07-27 a 2017-07-26
Direcção Geral de Ensino Superior
2011-11-17