a carregar...

Doutoramento em Língua Portuguesa: Investigação e Ensino

Faculdade de Letras

abrir site outros cursos
Ano lectivo

2016-2017

Código DGES

5373

Tipo de Curso

3º Ciclo - Doutoramento

Qualificação Atribuída

Doutor

Duração

3 Ano(s)

Créditos ECTS

180.0

Propina Anual

1437.0 €

Coordenador(es) do Curso

Ana Cristina Macário Lopes (acmlopes@fl.uc.pt)

Graça Maria Oliveira Silva Rio-Torto (riotorto@fl.uc.pt)

Coordenador(es) Departamental(ais) ECTS

Ana Paula Oliveira Loureiro (uc35697@uc.pt)

Objetivos Gerais do Curso
Tem este curso de 3º ciclo como objetivo fundamental a formação avançada de investigadores na área da Língua Portuguesa, uma língua policêntrica de crescente projeção internacional, quer no âmbito da investigação fundamental quer no âmbito da investigação aplicada. Assim, este 3º ciclo visa proporcionar uma formação aprofundada e especializada sobre a estrutura e o funcionamento da Língua Portuguesa, sob distintas perspetivas teórico-metodológicas de abordagem, tendo em vista a elaboração de projetos de investigação numa perspetiva sincrónica, diacrónica e/ou de contacto, ou de projetos em Linguística Aplicada ao ensino do Português como língua materna, como língua estrangeira ou como língua segunda.
Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver
Ao terminar este ciclo de estudos, devem ter sido adquiridas as seguintes competências:
- Capacidade de conceber, com autonomia, um projeto de investigação bem fundamentado e exequível;
- Capacidade de pesquisar, com autonomia, bibliografia relevante para os objetivos de investigação que se propõem desenvolver;
- Capacidade de analisar de forma consistente e rigorosa dados empíricos, em função do quadro teórico-metodológico selecionado;
-Capacidade de redigir, com clareza e rigor, um trabalho académico especializado, com contributos originais, que contribua para o avanço do conhecimento nas áreas da investigação fundamental ou aplicada sobre a Língua Portuguesa.
Regime de Estudo
Diurno /Presencial
Acesso a um Nível de Estudos Superior
A qualificação dá acesso a formação de nível superior, nomeadamente a estudos de Pós-Doutoramento.
Condições de Acesso e Ingresso

São admitidos à candidatura e à matrícula no Curso detentores do grau de Mestre conferido no âmbito científico da linguística; - São igualmente admitidos à candidatura Licenciados cuja licenciatura apresente um plano curricular com o mínimo de quatro anos em Filologia Românica, Filologia Clássica, Línguas e Literaturas Clássicas e Portuguesa, Línguas e Literaturas Modernas, Linguística, Humanidades, Estudos Portugueses e Lusófonos e Línguas Modernas (ramo bidisciplinar com Português); - Poderão apresentar-se a concurso Mestres e Licenciados em outras áreas, desde que demonstrem formação académica ou currículo científico e profissional considerado adequado pelo Conselho Científico da Faculdade de Letras. Aos candidatos cuja língua materna não é o Português exige-se, como nível mínimo de proficiência linguística em Português, o nível C1, tal como é definido no QERCL. Este nível de proficiência será aferido por entrevista individual.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia
De acordo com o Regulamento de Creditação de Formação Anterior e de Experiência Profissional da Universidade de Coimbra.
Enquadramento Legal da Qualificação
A qualificação tem enquadramento no Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de março, na redação atual; Portaria n.º 782/2009, de 23 de julho.
Saídas Profissionais
Ensino, Investigação.
Regras de Avaliação e Classificação
Sendo a avaliação uma atividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respetivas unidades curriculares no ano letivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária, nos termos do nº 6 do artigo 4º do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra. Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projetos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente. A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores. Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública na ficha anual de unidade curricular, nos termos do nº 2 do artigo 7º do RPUC.
Requisitos para Obtenção da Qualificação

Obtenção de 60 ECTS, correspondentes às unidades curriculares do 1.º ano; defesa de uma dissertação de doutoramento.

Plano de Estudos
Avisos de Abertura
Calendário
1º Semestre
Data de início: 12-09-2016
Data de fim: 22-12-2016
2º Semestre
Data de início: 06-02-2017
Data de fim: 31-05-2017
Acreditações
- A3ES
Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
Período(s)
  • 2017-01-02 a 2023-01-01
R/A-Ef 1637/2011 - DGES
Direcção Geral de Ensino Superior
Período(s)
  • 2011-03-18