Doutoramento em Psicologia

Objetivos do Curso

O Doutoramento em Psicologia pretende promover a investigação fundamental e aplicada, em articulação com instituições e unidades de investigação e desenvolvimento, de acordo com os padrões de qualidade internacionalmente estabelecidos. Neste enquadramento, o Doutoramento em Psicologia tem os seguintes objetivos principais: promover a investigação científica e a inovação, proporcionar aos estudantes uma formação especializada em diferentes áreas da Psicologia, fomentar as suas competências de investigação e a sua integração em redes de pesquisa nacionais e internacionais, promover emprego científico, reforçar as ligações com os contextos de trabalho numa perspetiva de aprendizagem ao longo da vida e contribuir para o desenvolvimento de uma sociedade baseada no conhecimento.

Condições de Acesso e Ingresso

1 – Podem candidatar-se ao ciclo de estudos conducente ao grau de doutor: a) Os titulares do grau de mestre ou equivalente legal; b) Os titulares do grau de licenciado, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da FPCE-UC; c) Os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da FPCE-UC. 2 – O reconhecimento referido nas alíneas b) e c) do número anterior apenas permite o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de doutor, não conferindo, ao seu titular, a equivalência ao grau de licenciado ou mestre pela UC, ou ao seu reconhecimento.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Saídas Profissionais

O 3º ciclo de estudos justifica-se como forma de dar continuidade a estudos de 2º ciclo (mestrado), concluindo, deste modo, a formação superior especializada e altamente diferenciada no domínio da Psicologia. Possibilita, ainda, a integração dos estudantes em redes de investigação de âmbito nacional e internacional e o reforço das ligações dos profissionais com os seus contextos de trabalho, através do domínio de competências científicas que contribuam para o progresso contínuo de uma sociedade baseada no conhecimento.

Regime de Estudo

O curso é ministrado a tempo integral no 1º ano curricular e a tempo integral ou parcial a partir do 2º ano curricular, em regime misto/ B-learning e horário diúrno.

Língua(s) de Aprendizagem / Avaliação

Português/ Inglês

Regras de Avaliação

A avaliação pretende apurar as seguintes aquisições pelos estudantes: competências e conhecimentos adquiridos, o seu espírito crítico, capacidade de enunciar e resolver problemas, domínio da exposição científica, escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas unidades curriculares, no ano letivo a que as provas dizem respeito. Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, projetos, individuais ou em grupo e que poderão ter de ser defendidos oralmente, participação nas aulas, apresentações científicas e organização de eventos científicos. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos anteriores elementos de avaliação. Em todas as unidades curriculares, do 1º ano curricular, as avaliações são na forma Aprovado/Reprovado, exceto em Desenvolvimento do Projeto de Tese em que é usada a escala Insuficiente / Suficiente / Bom / Muito Bom; se for Bom ou Muito Bom, a/o doutoranda/o passa para a tese, com Suficiente não passa para a tese mas pode ter Diploma de Estudos Avançados, e com Insuficiente não passa para a tese nem pode obter o Diploma de Estudos Avançados. Nesta unidade curricular é requerida uma apresentação e defesa do projeto, perante um júri com um arguente externo. A qualificação final do curso é atribuída pelo júri de doutoramento tendo em consideração o mérito da tese apreciado no ato público.

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

Aquisição das competências necessárias à condução autónoma de um projeto original e inovador de investigação de caráter disciplinar, interdisciplinar ou transdisciplinar.
Competências específicas:
- treino na gestão autónoma do processo de investigação, domínio da metodologia e das técnicas utilizadas, resolução de problemas, domínio da escrita científica e dos procedimentos associados à publicação de artigos científicos com revisão por pares, domínio dos procedimentos éticos associados à investigação científica em psicologia;
Competências transversais:
- competências de comunicação com a comunidade científica e com a sociedade em geral, utilizando diversos suportes;
- competências no domínio do trabalho em equipa e no âmbito da construção de redes de investigação;
- competências no âmbito da gestão de recursos humanos e financeiros;
- competências de gestão da carreira profissional.

Coordenador(es) do Curso

Joaquim Manuel Pires Valentim
jpvalentim@fpce.uc.pt

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia

A Universidade de Coimbra, através das suas unidades orgânicas de ensino, credita formação anterior ou experiência profissional, com vista ao prosseguimento de estudos para obtenção de grau académico ou diploma, de acordo com o regime jurídico definido pelo DL 74/2006, de 24 de março, republicado no DL 65/2018, de 16 de Agosto. Esta creditação é concedida ao abrigo do Regulamento de Creditação da Formação Anterior e de Experiência Profissional da Universidade de Coimbra, publicado como Regulamento nº 191/2014, de 15 de maio, retificado pelo Despacho nº 10067/2017, de 21 de Novembro.

Enquadramento Legal da Qualificação

O presente ciclo de estudos atribui o grau de doutor segundo os princípios dispostos no DL 74/2006, de 24 de Março, na sua redação atual, republicado no DL 65/2018, de 16 e Agosto.

Requisitos para Obtenção da Qualificação

Para obtenção do diploma de doutoramento, o aluno terá que realizar um total de 180 ECTS, nos quais se incluem as unidades curriculares do 1º ano e a Tese. Em todas as unidades curriculares do 1º ano curricular, as avaliações são expressas na fórmula Aprovado/Reprovado, exceto na unidade curricular “Desenvolvimento do Projeto de Tese”. Neste caso a avaliação é registada em pauta individual, sendo o resultado expresso na escala qualitativa de Insuficiente / Suficiente / Bom / Muito Bom. É requisito de transição para a inscrição na unidade curricular “Desenvolvimento de tese…”, a classificação mínima de Bom obtida na unidade curricular “Desenvolvimento Projeto tese” e a aprovação em todas as restantes unidades curriculares do 1º ano curricular.

Acesso a um Nível de Estudos Superior

Possibilidade de aceder a qualquer nível que exija como base um doutoramento, nomeadamente acesso a estudos de pós-Doutoramento.

Plano de Estudos

Tronco comum
Doutoramento em Psicologia
Áreas de especialização
Neurociência Cognitiva
Neuropsicologia
Psicologia Clínica e da Saúde
Psicologia Forense
Psicologia Social e Cognitiva
Psicologia da Educação e do Desenvolvimento
Psicologia das Organizações, do Trabalho e dos Recursos Humanos

Ano lectivo
2021-2022

Tipo de Curso
3º Ciclo - Doutoramento

Código DGES: 9343

Qualificação Atribuída: Doutor

Duração: 3 Ano(s)

Créditos ECTS: 180.0

Propina Anual: 2750.0


Candidaturas

Avisos de Abertura


Calendário

1º Semestre
Data de início: 20-09-2021
Data de fim: 18-12-2021
2º Semestre
Data de início: 07-02-2022
Data de fim: 21-05-2022

Acreditações

Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
2019-07-31 a 2025-07-30
Direcção Geral de Ensino Superior
2020-07-15

Documentos

27_2018_Decisão do Conselho de Administração

17_2018_Guião de autoavaliação