Mestrado em Estudos Curatoriais

Objetivos do Curso

A necessidade de criação do Mestrado em Estudos Curatoriais deriva da expansão dos sistemas de mediação
artística num mundo globalizado, mas também do reconhecimento de que a formação curatorial fornece
competências ajustadas às várias tarefas de sensibilização de públicos para a arte contemporânea, sua
apresentação pública crítica e integração nas estruturas museológicas e de colecionismo.
O MEC visa formar profissionais de mediação cultural e artística, capazes de integrarem instituições de produção e
mediação artística, quer sejam museus, espaços expositivos, galerias privadas ou apoiar a formação e tratamento
de coleções de arte. Pretende ainda desenvolver competências específicas na programação de arte contemporânea.

Condições de Acesso e Ingresso

1 - Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre: a) Os titulares de licenciatura (1º ciclo) em Arquitetura, Belas-Artes, Estudos Artísticos, Filosofia, História de Arte, Sociologia ou outra habilitação académica, cultural, artística ou profissional considerada adequada para a frequência do curso; b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo, nas áreas referidas na alínea a);
c) Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico do Colégio das Artes;
d) Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico do Colégio das Artes;
2 - O reconhecimento a que se referem as alíneas b) a d) do n.º 1 tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou o reconhecimento desse grau.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Saídas Profissionais

Curadoria de Exposições e Investigação em Arte Contemporânea.

Regime de Estudo

O Curso é ministrado a tempo integral ou parcial, em regime presencial e horário diúrno

Língua(s) de Aprendizagem / Avaliação

Português

Regras de Avaliação

Sendo a avaliação uma atividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respetivas unidades curriculares no ano letivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária, nos termos do nº 6 do artigo 4º do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra. Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projetos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente. A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores. Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública na ficha de unidade curricular, nos termos do nº 2 do artigo 7.º do RPUC.

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

O Mestrado em Estudos Curatoriais pretende desenvolver as seguintes competências nos estudantes:
1. Aprofundar os conhecimentos de arte contemporânea adquiridos pelos alunos no seu percurso académico
anterior.
2. Produzir situações de real confronto entre propostas artísticas, os seus públicos a partir de molduras
curatoriais.
3. Conhecer e usar fluentemente critérios críticos e estáticos.
4. Dominar os discursos críticos da arte contemporânea.
5. Estruturas e mediar conhecimento artístico.
6. Desenvolver competências de escrita de diferentes instâncias de texto crítico.

Coordenador(es) do Curso

José Augusto Maçãs da Silva Carvalho
jmcarvalho60@gmail.com

Coordenador de mobilidade

José Augusto Maçãs da Silva Carvalho
jmcarvalho60@gmail.com

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia

Parte dos ECTS pode ser adquirida por acreditação da formação realizada em instituições congéneres nacionais ou internacionais.

Enquadramento Legal da Qualificação

A qualificação tem enquadramento no Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado e republicado pelo DL n.º 107/2008, de 25 de Junho; Portaria n.º 782/2009, de 23 de Julho

Requisitos para Obtenção da Qualificação

O grau de Mestre é conferido aos que, através da aprovação em todas as unidades curriculares que integram o plano de estudos do curso de mestrado e da aprovação no acto público de defesa da dissertação ou do trabalho de projecto tenham obtido o número de ECTS fixado.

Acesso a um Nível de Estudos Superior

A qualificação dá acesso a formação de nível superior, nomeadamente a estudos de pós-graduação ou doutoramento.

Plano de Estudos

Estudos Curatoriais

Ano lectivo
2021-2022

Tipo de Curso
2º Ciclo - Mestrado de Especialização Avançada

Código DGES: 6690

Qualificação Atribuída: Mestre

Duração: 2 Ano(s)

Créditos ECTS: 120.0

Categoria: Mestrado de Especialização Avançada


Candidaturas

Avisos de Abertura


Calendário

1º Semestre
Data de início: 20-09-2021
Data de fim: 18-12-2021
2º Semestre
Data de início: 07-02-2022
Data de fim: 21-05-2022

Acreditações

Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
2017-02-10 a 2023-02-09
Direcção Geral de Ensino Superior
2020-06-29

Documentos

19_2015_Relatório preliminar da Comissão de Avaliação Externa

17_2015_Guião de autoavaliação

27_2015_Decisão do Conselho de Administração