a carregar...

Doutoramento em Arte Contemporânea

Colégio das Artes

abrir site outros cursos
Ano lectivo

2017-2018

Código DGES

5797

Tipo de Curso

3º Ciclo - Doutoramento

Qualificação Atribuída

Doutor

Duração

3 Ano(s)

Créditos ECTS

180.0

Propina Anual

1750.0 €

Coordenador(es) do Curso

António José Olaio Correia de Carvalho (a.olaio@sapo.pt)

Pedro Filipe Rodrigues Pousada (pedro-pousada@netcabo.pt)

Coordenador(es) Departamental(ais) ECTS

António José Olaio Correia de Carvalho (a.olaio@sapo.pt)

Objetivos Gerais do Curso
O doutoramento em Arte Contemporânea do Colégio das Artes distingue-se pela formação transversal no domínio da arte contemporânea através de uma reflexão crítica, integrada e transdisciplinar. São seus objetivos: 1. O desenvolvimento de competências específicas no campo da Arte Contemporânea nas áreas de pesquisa e investigação avançada, bem como na sua prática; 2. A promoção da excelência artística; 3. A implementação de boas práticas de investigação em Arte Contemporânea; 4. A promoção de práticas artísticas que resultem de uma atenção crítica ao universo da cultura contemporânea.
Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver
A oferta pedagógica e a respetiva dinâmica curricular tem como objetivo que os estudantes desenvolvam capacidades de produção teórica e de problematização em ambiente académico e com o devido enquadramento bibliográfico e metodológico em torno dos conteúdos que desenvolvem enquanto profissionais ligados à cultura artística. O objetivo central é a concretização por parte dos estudantes de uma Tese, verificando-se um esforço acrescido, quer no plnao curricular como no acompanhamento tutorial, para que a articulação entre teoria e prática se constitua como um procedimento fundamental e consensualizado na relação dos estudantes tanto com a cultura académica em que se movimentam numa lógica interdiciplinar como nas práticas em que se encontram enquadrados profissionalmente - no âmbito artístico, curatorial, de crítica artística, etc. - assim, a deslocação faz-se entre a definição de uma metodologia de análise e de síntese, a sistematização e organização crítica de ideias.
Regime de Estudo
Presencial
Condições de Acesso e Ingresso

O doutoramento visa captar candidatos ligados às Artes e a outras formações com capacidade de interagir no domínio da Arte Contemporânea num quadro de transversalidade e interdisciplinaridade, face ao carácter multidisciplinar da área das Artes, e interessados no desenvolvimento de competências específicas nas áreas de pesquisa e investigação avançada, bem como na sua prática, promovendo assim a excelência artística. Podem candiatar-se: a) Os titulares do grau de mestre ou equivalente legal; b) Os titulares de grau de licenciado, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico legal e estatutariamente competente da universidade onde pretendem ser admitidos; c) Os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia
Ex: O reconhecimento da aprendizagem prévia é efetuada de acordo com o Regulamento de Creditação de Formação Anterior e de Experiência Profissional da Universidade de Coimbra.
Enquadramento Legal da Qualificação
Ex: A qualificação tem enquadramento no Decreto-Lei nº 74/2006 de 24 de março, na redação atual
Regras de Avaliação e Classificação
Ex: Sendo a avaliação uma atividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respetivas unidades curriculares no ano letivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária, nos termos do nº 6 do artigo 4º do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra. Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projetos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente. A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores. Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública pela ficha anual de unidade curricular, nos termos do nº 2 do artigo 7º do RPUC.
Requisitos para Obtenção da Qualificação

Obtenção de 180 ECTS na área científica de Arte Contemporânea (AC), que se concretizam com a apresentação/defesa da Tese em provas públicas de doutoramento.

Plano de Estudos
Avisos de Abertura
Calendário
1º Semestre
Data de início: 11-09-2017
Data de fim: 21-12-2017
2º Semestre
Data de início: 05-02-2018
Data de fim: 30-05-2018
Acreditações
- A3ES
Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
Período(s)
  • 2011-12-12
R/A-Ef 1513/2011 - DGES
Direcção Geral de Ensino Superior
Período(s)
  • 2011-03-18