a carregar...

Licenciatura em Ciências Bioanalíticas

Faculdade de Farmácia

abrir site outros cursos
Ano lectivo

2017-2018

Código DGES

9819

Tipo de Curso

1º Ciclo - Licenciatura

Qualificação Atribuída

Licenciado

Duração

6 Semestre(s)

Créditos ECTS

180.0

Coordenador(es) do Curso

Paula Cristina Santos Luxo Maia (crisluxo@ci.uc.pt)

Objetivos Gerais do Curso
A Licenciatura em Ciências Bioanalíticas (LCB) proporciona uma formação especializada e multifacetada com aplicação a áreas analíticas e pré-clínicas de controlo da qualidade alimentar, ambiental, agro-ambiental, de produtos farmacêuticos e cosméticos, de águas, efluentes e solos, bem como de análises químico-biológicas de aplicação ao diagnóstico clínico e toxicológico, através de um ciclo de estudos centrado na aquisição de capacidades e competências, aptidões técnicas, aquisição de atitudes e interiorização de valores por parte dos estudantes, capaz de dar resposta às necessidades do país nesta área do conhecimento e perfeitamente enquadrado nas exigências de um Espaço Europeu carente de quadros qualificados na vertente das ciências bioanalíticas.
Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver
A Licenciatura em Ciências Bioanalíticas tem como objectivo principal conferir formação especializada e multifacetada nas áreas pré-analíticas e analíticas aplicadas ao controlo da saúde pública, nas suas vertentes clínica, alimentar e ambiental. Para além disso, habilita também os estudantes para o desempenho de funções diferenciadas em domínios relacionados com a gestão e controlo da qualidade em saúde pública, assim como de actividades de investigação e desenvolvimento nos domínios bioanalíticos. A estrutura curricular do plano de estudos está definida de acordo com os objetivos do curso englobando: Formação Básica na área da Matemática, Física, Química e Biologia. Formação Pré-Analítica (Análise instrumental, Hematológicas, Bioquímicas, Imunológicas e de Biologia Molecular), que confere competências aos estudantes em técnicas que se aplicam aos diversos tipos de matrizes na área da Saúde Pública. Formação Analítica(Especialização), com análise quantitativa de parâmetros biológicos e químicos como elementos essenciais no contexto da saúde pública. A consolidação e informação acerca dos objetivos do curso têm sido tema de Workshops realizados na Faculdade de Farmácia envolvendo a participação de estudantes, docentes e representantes de diversas instituições e empresas. A existência na Universidade de Coimbra de um Sistema de Gestão da Qualidade Pedagógica garante a qualidade do ciclo de estudos.
Regime de Estudo
O Curso é ministrado a tempo integral ou parcial, em regime presencial e horário diúrno
Acesso a um Nível de Estudos Superior
Ligação a Segundos Ciclos:
Aptidão para usufruir da mobilidade que este 1.º Ciclo lhes concede relativamente à frequência de segundos ciclos das áreas clínicas (análises clínicas, toxicologia clínica, toxicologia forense, ambiente e saúde pública, controlo de medicamentos, ciências da nutrição, entre outras).
Condições de Acesso e Ingresso

a) Concurso Nacional de Acesso: 12º ano ou equivalente; classificação mínima de 95 na escala de 0 a 200 nas provas de ingresso e na nota de candidatura (art. 24º, a) e c), do DL nº 296-A/98, de 25/09); fórmula da nota de candidatura (art. 26º do mesmo DL): 50% da classificação do ensino secundário; 50% da classificação das provas de ingresso – (02) Biologia e Geologia e (07) Física e Química; b) Concurso Especial para Candidatos Internacionais, de acordo com o Reg. nº 135/2014, de 04/04 (Regulamento do Concurso Especial de Acesso e Ingresso do Estudante Internacional a Ciclos de Estudo de Licenciatura e Integrados de Mestrado na U.C.); c) Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição/Curso no Ensino Superior; d) Concurso Especial de Acesso para maiores de 23 anos e Concurso Especial de Acesso para Titulares de outro curso superior, de acordo com o DL nº 113/2014, de 16/09.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta à página da Direção Geral do Ensino Superior (DGES) e/ou a página dos Candidatos. Consultar página web da DGES e dos Candidatos

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia
Aplica-se o disposto no Artigo 45º do Decreto –Lei nº 74/2006, de 24 de Março, com a redacção que lhe foi dada pelo DL nº107/2008, de 25 de Junho
Enquadramento Legal da Qualificação
A qualificação tem enquadramento no Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado e republicado pelo DL n.º 107/2008, de 25 de Junho; Portaria n.º 782/2009, de 23 de Julho
Saídas Profissionais
O Licenciado será profissional com capacidades e competências que lhe permitam rapidamente num mercado de trabalho carente de quadros qualificados nesta vertente das Ciências da Saúde, estando-lhe reservada uma panóplia de saídas profissionais consistente, entre as quais:
-Laboratórios de análises clínicas-Laboratórios de análises toxicológicas-Laboratórios de análises ambientais Estações de tratamento de resíduos e efluentes-Instituições de verificação e gestão de qualidade, entre outras profissões. Também o ciclo de estudos pretende harmonizar a formação com os países da União Europeia, permitindo a circulação de profissionais capazes de garantir a qualidade e a segurança dos serviços prestados aos cidadãos na área das ciências bioanaliticas com aplicação à biomedicina clínica, ambiente, industria alimentar, química e farmacêutica.

Regras de Avaliação e Classificação
Sendo a avaliação uma atividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respetivas unidades curriculares no ano letivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária, nos termos do nº 6 do artigo 4º do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra. Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projetos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente. A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores. Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública na ficha de unidade curricular, nos termos do nº 2 do artigo 7.º do RPUC.
Requisitos para Obtenção da Qualificação

É conferido o grau de Licenciado em "Ciências Bioanalíticas" aos estudantes que completarem com aprovação todas as unidades curriculares o que corresponderá a um total e 180 ECTS, 6 semestres.

Plano de Estudos
Avisos de Abertura
Calendário
1º Semestre
Data de início: 11-09-2017
Data de fim: 21-12-2017
2º Semestre
Data de início: 05-02-2018
Data de fim: 30-05-2018
Acreditações
- A3ES
Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
Período(s)
  • 2011-12-12
R/A-Ef 1621/2011 - DGES
Direcção Geral de Ensino Superior
Período(s)
  • 2011-03-18