Mestrado em Saúde Ocupacional

Objetivos do Curso

Este ciclo de estudos tem como principais objetivos gerais promover a obtenção de formação científica e técnica especializada nas distintas áreas da Saúde Ocupacional, dotando os estudantes provenientes de diversas formações específicas prévias de um elevado referencial académico comum e permitir a sua diferenciação e capacitação para futuras intervenções de índole técnico-científica neste âmbito, nomeadamente integrando equipas multidisciplinares e adquirindo conhecimentos, metodologias e estratégias que lhes permitam resolver problemas em ambiente real de trabalho.
Estes objetivos são comuns ao Plano Nacional de Saúde, Plano Nacional da Saúde Ocupacional e Estratégia Nacional para a Segurança e Saúde do Trabalho, ao promover o valor da saúde e da qualidade de vida no trabalho, sustentando a identificação e controlo dos principais riscos ocupacionais e estimulando o desenvolvimento de ambientes de trabalho seguros e saudáveis.

Condições de Acesso e Ingresso

a) Titulares de grau de licenciado, mestrado, ou habilitação legalmente equivalente, nas áreas de Medicina, Medicina Dentária, Ciências da Saúde, Enfermagem, Psicologia, Engenharia, Tecnologias da Saúde, Ergonomia, Segurança e Saúde Ocupacional, Segurança do Trabalho. Técnicos Superiores de Higiene e Segurança do Trabalho. Excecionalmente, após apreciação pelo Conselho Científico (C.C.), poderão ser admitidos candidatos de outras áreas;
b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo nas áreas indicadas na alínea a);
c) Titulares de um grau académico superior estrangeiro nas áreas indicadas na alínea a) e que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo C.C.;
d) Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo C.C. para realização deste ciclo de estudos.

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do Aviso de Abertura disponível nesta página.

Saídas Profissionais

Os detentores do mestrado em Saúde Ocupacional possuem uma sólida formação na área da Saúde, Higiene e Segurança no Trabalho, que lhes possibilita uma rápida integração profissional em atividades neste âmbito, bem como fazer parte de equipas multidisciplinares nos diferentes setores do trabalho. Consoante o seu prévio background formativo (área da Saúde, Engenharia, Segurança do Trabalho, Psicologia, Ergonomia, Tecnologias) encontram-se capacitados para uma melhor atuação nas diversas vertentes da Saúde Ocupacional. Podem, também, vir a desenvolver e/ou integrar projetos de investigação ou prosseguir uma vertente mais académica, na área da docência, bem como apresentarem futura candidatura a programas de doutoramento

Regime de Estudo

Presencial

Língua(s) de Aprendizagem / Avaliação

Português

Regras de Avaliação

Sendo a avaliação uma atividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respetivas unidades curriculares no ano letivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária, nos termos do nº 6 do artigo 4º do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra. Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projetos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente. A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores. Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública na ficha de unidade curricular, nos termos do nº 2 do artigo 7.º do RPUC.

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

- Adquirir uma sólida base de conhecimentos científicos em múltiplas áreas da Saúde Ocupacional (Epidemiologia e Bioestatística, Ergonomia e Fisiologia, Toxicologia, Clínica e Patologia ocupacionais, Higiene e Segurança do Trabalho, Legislação, Psicologia ocupacional, Engenharia ambiental, aspetos organizativos);
-Identificar e hierarquizar os principais fatores de risco ocupacional e propor e implementar estratégias e programas para a sua eliminação ou redução;
-Abordar, divulgar e promover conhecimentos de elevada qualidade científica nesta área;
-Compreender e interpretar o referencial legislativo e normativo europeu e nacional;
-Compreender o papel e atribuições das várias Instituições com responsabilidades na área da Saúde Ocupacional;
-Desenvolver aptidões e competências para o ensino e formação na área da Saúde Ocupacional;
-Realizar e/ou colaborar em projetos de investigação de âmbito nacional ou internacional, contribuindo para o seu desenvolvimento ao mais alto nível.

Coordenador(es) do Curso

António Jorge Correia Gouveia Ferreira
uc15954@uc.pt

Coordenador de mobilidade

Marilia Assunção Rodrigues Ferreira Dourado
mdourado@fmed.uc.pt

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia

O reconhecimento da aprendizagem prévia é efetuada de acordo com o Regulamento de Creditação de Formação Anterior e de Experiência Profissional da Universidade de Coimbra.

Enquadramento Legal da Qualificação

A qualificação tem enquadramento no Decreto-Lei nº 74/2006 de 24 de março, na redação atual

Requisitos para Obtenção da Qualificação

Os estudantes deverão seleccionar, dentro das áreas científicas, unidades curriculares correspondentes a 30 ECTS em cada semestre, e perfazerem 60 ECTS, de um total de 75 ECTS ( o que lhes conferirá direito a um diploma de Especialização), que, em conjunto com a dissertação/projeto/estágio, perfaz, no final, os 120 ECTS necessários para conclusão do Mestrado.

Acesso a um Nível de Estudos Superior

Os mestres em Saúde Ocupacional possuem competências acrescidas para se candidatarem a um programa de doutoramento.

Plano de Estudos

Saúde Ocupacional

Ano lectivo
2019-2020

Tipo de Curso
2º Ciclo - Mestrado de Especialização Avançada

Código DGES: 6654

Qualificação Atribuída: Mestre

Duração: 2 Ano(s)

Créditos ECTS: 120.0

Categoria: Mestrado de Especialização Avançada


Candidaturas

Avisos de Abertura


Calendário

1º Semestre
Data de início: 02-09-2019
Data de fim: 13-12-2019
2º Semestre
Data de início: 10-02-2020
Data de fim: 29-05-2020

Acreditações

Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
2017-04-26 a 2023-04-25
Direcção Geral de Ensino Superior
2011-03-18