Mestrado Integrado em Psicologia

Objetivos do Curso

A formação completa e integrada em Psicologia visa preparar os estudantes para o exercício da Psicologia numa das suas áreas de especialização, bem como para prosseguimento de estudos (3.º ciclo), dotando-os dos conhecimentos científicos (conhecimento acumulado na literatura científica da Psicologia e partilhada na comunidade de investigadores, professores e profissionais), das competências técnicas (conjunto integrado de conhecimentos e capacidades, através dos quais os problemas colocados na prática profissional podem ser resolvidos) e das competências de investigação (conjunto integrado de conhecimentos e capacidades necessários à conceção e realização de investigações), indispensáveis às exigências profissionais do exercício da Psicologia, habilitando os estudantes para a realização do estágio profissional à Ordem dos Psicólogos Portugueses.
A organização do CE tem por base os diplomas legislativos que concretizaram o processo de Bolonha a nível nacional - Decreto-Lei nº 42/2005 de 22 de Fevereiro de 2005; Decreto-Lei nº 74/2006 de 24 de Março de 2006; Decreto-Lei 107/08 de 25 de Junho, Decreto-Lei 230/09 de 14 de Setembro e Rectificação n.º 81/09 de 27 de Outubro - e ao nível da UC - Despacho nº 25 318/2005 de 09 de Dezembro de 2005.
O CE em análise é composto por uma estrutura curricular com duas fases, formando um CE integrado, conducente ao grau de Mestre.
A 1ª fase, composta por 3 anos (180 ECTS), centra-se nos processos psicológicos, nos conhecimentos essenciais das áreas afins (ciências sociais, bases biológicas do comportamento) nas grandes teorias e modelos do comportamento humano, na metodologia de investigação e estatística. Visa uma formação generalista, não profissionalizante.
A 2ª fase, com 2 anos (120 ECTS), oferece formação específica, focada na formação aplicada e promove competências inerentes à investigação científica autónoma. Estrutura-se em três grandes áreas de especialização: Psicologia da Educação, Desenvolvimento e Aconselhamento; Psicologia das Organizações e do Trabalho; e Psicologia Clínica e Saúde (com 5 subáreas de especialização).
Para além dos objectivos e competências transversais estabelecidos para a 1º e 2ªfases do CE, são estabelecidos objectivos de aprendizagem específicos para cada uma das fases. A 1.ª fase do CE tem como principal objetivo a aquisição, por parte do estudante, dos conhecimentos fundamentais relativos aos processos psicológicos, aos seus fundamentos biológicos e socioculturais e à sua integração, bem como às bases metodológicas e estatísticas, à avaliação psicológica e aos modelos teóricos ligados ao comportamento humano. A 2ª fase tem por objetivo a consolidação de conhecimentos inerentes aos modelos teóricos, processos de avaliação, proporcionando, simultaneamente, a aquisição de competências necessárias ao exercício profissional da Psicologia. O estágio curricular e a tese proporcionam competências científicas, rigor e autonomia nos processos de conhecimento, intervenção e investigação. A colaboração com instituições diversas (educativas, de saúde, justiça, empresas) prepara o estudante para a realização do Estágio Profissional da Ordem.

Condições de Acesso e Ingresso

• Concurso Nacional de Acesso – Provas de ingresso: Uma das seguintes provas:
02 Biologia e Geologia;
17 Matemática Aplicada às Ciências Sociais;
18 Português;
• Regimes especiais;
• Concursos especiais;
• Reingresso, Mudança de Curso e Transferência

A informação disponibilizada não dispensa a consulta à página da Direção Geral do Ensino Superior (DGES) e/ou a página dos Candidatos. Consultar página web da DGES e dos Candidatos

Saídas Profissionais

O ciclo de estudos integrado permite o acesso ao estágio profissional conducente à profissão de Psicólogo, regulada pela Ordem dos Psicólogos, nos termos da Lei n.º 57/2008, de 04 de Setembro.
As áreas de especialidade do 2º ciclo, que integram a realização de um estágio e de uma tese, permitem formação relevante em áreas com articulação directa com: Serviços de Saúde, em geral, e Mental, em particular; Serviços ligados à Segurança Social e à Saúde, Serviços de Reinserção Social; Serviços de Psicologia ou de Psicologia e Orientação em Escolas dos diferentes níveis de ensino; Serviços de Educação Especial e Reabilitação; Gabinetes de Consultadoria Organizacional; Empresas e outras Organizações; Instituto de Emprego e Formação Profissional; Docência no ensino Superior; Investigação fundamental e aplicada.

Regime de Estudo

O Curso é ministrado a tempo integral em regime presencial em horário diurno

Língua(s) de Aprendizagem / Avaliação

Português

Regras de Avaliação

Sendo a avaliação uma actividade pedagógica indissociável do ensino, destina-se a apurar as competências e os conhecimentos adquiridos pelos estudantes, o seu espírito crítico, a capacidade de enunciar e de resolver problemas, bem como o seu domínio da exposição escrita e oral. São admitidos a provas de avaliação os estudantes inscritos nas respectivas unidades curriculares no ano lectivo a que as provas dizem respeito e, simultaneamente, inscritos nessas provas, quando tal inscrição for necessária, nos termos do n.º 7 do artigo 5º do Regulamento Pedagógico da Universidade de Coimbra.
Entendem-se por elementos de avaliação os seguintes exemplos: Exame escrito ou oral, testes, trabalhos escritos ou práticos, bem como projectos, individuais ou em grupo, que poderão ter de ser defendidos oralmente e a participação nas aulas. A avaliação de cada unidade curricular pode incluir um ou mais dos elementos de avaliação indicados anteriormente.
A classificação de cada estudante, para cada unidade curricular, traduz-se num valor inteiro compreendido entre 0 e 20 valores e consideram-se aprovados os estudantes que obtiverem a classificação final mínima de 10 valores
Sempre que a avaliação de uma unidade curricular compreenda mais do que um elemento de avaliação, a nota final é calculada a partir das classificações obtidas em cada elemento de avaliação, através de uma fórmula tornada pública nos termos do nº1 do artigo 8º do RPUC.

Coordenador(es) do Curso

Marcelino Arménio Martins Pereira
marc.pereira@fpce.uc.pt

Coordenador de mobilidade

Lisete Santos Mendes Mónico
lisete_monico@fpce.uc.pt

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia

Aplica-se o disposto no Artigo 45º do Decreto-Lei n.º74/2006, de 24 de Março, com a redacção que lhe foi dada pelo DL n.º107/2008, de 25 de Junho.

Enquadramento Legal da Qualificação

DL nº 42/2005 de 22 de Fevereiro de 2005; DL nº 74/2006 de 24 de Março de 2006; DL107/08 de 25 de Junho, DL 230/09 de 14 de Setembro e Rect n.º 81/09 de 27 de Outubro

Requisitos para Obtenção da Qualificação

O ciclo de estudos tem duração normal 5 anos (300 ECTS) de formação universitária. Esta formação especializada inclui a obrigatoriedade de realização de um Estágio, relativamente ao qual deve ser elaborado um relatório, e de Seminários de Investigação conducentes à elaboração de uma Monografia (Tese/Dissertação de Mestrado).

Acesso a um Nível de Estudos Superior

A qualificação dá acesso a estudos de 3º ciclo em Psicologia.

Plano de Estudos

Tronco comum
Mestrado Integrado em Psicologia
Áreas de especialização
Psicologia Clínica e da Saúde - Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e Saúde
Psicologia Clínica e da Saúde - Psicogerontologia Clínica
Psicologia Clínica e da Saúde - Psicologia Forense
Psicologia Clínica e da Saúde - Psicopatologia e Psicoterapias Dinâmicas
Psicologia Clínica e da Saúde - Psicoterapia Sistémica e Familiar
Psicologia da Educação, Desenvolvimento e Aconselhamento
Psicologia das Organizações e do Trabalho

Ano lectivo
2018-2019

Tipo de Curso
1º e 2º Ciclo - Mestrado Integrado

Código DGES: 9555

Qualificação Atribuída: Mestre

Duração: 5 Ano(s)

Créditos ECTS: 300.0

Categoria: Mestrado Integrado


Candidaturas

Avisos de Abertura


Calendário

1º Semestre
Data de início: 10-09-2018
Data de fim: 20-12-2018
2º Semestre
Data de início: 04-02-2019
Data de fim: 30-05-2019

Acreditações

Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
2014-03-03 a 2020-03-02
Direcção Geral de Ensino Superior
2011-03-18