a carregar...

Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas

Faculdade de Farmácia

abrir site outros cursos
Ano lectivo

2017-2018

Código DGES

9494

Tipo de Curso

1º e 2º Ciclo - Mestrado Integrado

Qualificação Atribuída

Mestre

Duração

10 Semestre(s)

Créditos ECTS

300.0

Categoria

Mestrado Integrado

Coordenador(es) do Curso

Lígia Maria Ribeiro Pires Salgueiro Silva Couto (ligia@ff.uc.pt)

Coordenador(es) Departamental(ais) ECTS

Angelina Lopes Simões Pena (angelina.pena@ci.uc.pt)

António José Ribeiro (aribeiro@ff.uc.pt)

Objetivos Gerais do Curso
As Ciências Farmacêuticas, pela sua abrangência, multidisciplinaridade e actividade profissional, constituem uma área científica de enorme relevo no âmbito das Ciências da Saúde. As tendências no sentido de um aprofundamento da qualidade/optimização dos serviços de saúde envolvem, por motivos óbvios, o medicamento. O plano de estudos do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas pretende:
a)Proporcionar aos estudantes um currículo actual, estimulante e com empregabilidade em todo o Mundo;
b)Dotar os estudantes das capacidades e competências descritas no campo 6.1.1., através de um ensino/aprendizagem de qualidade;
c)Estabelecer sinergias entre a Faculdade, o mercado de trabalho e os centros de investigação;
d)Desenvolver mecanismos conducentes à criação de condições para que o percurso académico dos estudantes possa atingir o grau de Mestre;
e)Estimular a inter e transdisciplinaridade;
f)Aglutinar os estudantes em torno de uma identidade profissional comum, ser Farmacêutico.
Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver
A formação deve garantir que o estudante, quando concluir o curso, adquiriu os conhecimentos e as competências seguintes:
a)Conhecimentos adequados dos medicamentos e substâncias utilizadas no respectivo fabrico;
b)Conhecimentos adequados da tecnologia farmacêutica e do ensaio físico, químico, biológico e microbiológico dos medicamentos;
c)Conhecimentos adequados do metabolismo e dos efeitos dos medicamentos e da acção dos tóxicos, bem como do uso dos medicamentos;
d)Conhecimentos adequados que permitam avaliar os dados científicos respeitantes aos medicamentos para poder, com base neles, prestar informações apropriadas;
e)Conhecimentos adequados dos requisitos legais e outros em matéria de exercício da actividade farmacêutica;
f)Preparação, ensaio, armazenamento e distribuição de medicamentos em farmácias abertas ao público;
g)Preparação, ensaio, armazenamento e distribuição de medicamentos em hospitais;
h)Difusão de informações e conselhos sobre medicamentos.
Regime de Estudo
O Curso é ministrado a tempo integral ou parcial, em regime presencial e horário diúrno
Acesso a um Nível de Estudos Superior
A qualificação dá acesso à profissão de Farmacêutico e a formação de nível superior, nomeadamente a estudos de terceiro ciclo (Doutoramento).
Condições de Acesso e Ingresso

1-Aprovação no 12º ano de escolaridade ou equivalente.
2-Classificações mínimas das provas de ingresso – Obtenção da classificação mínima de 95 na escala de 0 a 200 (artº 24º, al. a) do D.L. nº 296-A/98, de 25/09).
3-Classificação mínima da nota de candidatura- Obtenção da nota mínima de 95, na escala de 0 a 200 (artº 24º al. c) do mesmo D.L).
4-Fórmula da nota de candidatura: (artº 26º do mesmo D.L.) 50% da classificação do ensino secundário. 50% da classificação das provas de ingresso (Específicas: (02-Biologia e Geologia) e (07-Física e Química). Pré Requisito Comunicação Interpessoal Grupo B

A informação disponibilizada não dispensa a consulta à página da Direção Geral do Ensino Superior (DGES) e/ou a página dos Candidatos. Consultar página web da DGES e dos Candidatos

Reconhecimento da Aprendizagem Prévia
Aplica-se o disposto no Artigo 45º do Decreto–Lei nº 74/2006, de 24 de Março, com a redacção que lhe foi dada pelo DL nº107/2008, de 25 de Junho.

Enquadramento Legal da Qualificação
A qualificação tem enquadramento no Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado e republicado pelo DL n.º 107/2008, de 25 de Junho; Portaria n.º 782/2009, de 23 de Julho
Saídas Profissionais
As capacidades e competências respeitantes ao Farmacêutico encontram-se devidamente tipificadas na Directiva 2005/36/CE de 07 de Setembro do Parlamento Europeu, encontrando-se direccionadas para o “Acto Farmacêutico” constante dos Estatutos da Ordem dos Farmacêuticos, decorrendo desse facto que as saídas profissionais se relacionam com as actividades que se enquadram nas competências adquiridas (farmácia de oficina e hospitalar, indústria farmacêutica, química e alimentar, análises clínicas, assuntos regulamentares relacionados com o medicamento e produtos de saúde, bem como outras ligadas ao doentes, medicamento e saúde pública).
Regras de Avaliação e Classificação
As regras de avaliação e classificação são as estabelecidas no Regulamento Pedagógico da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra.
Requisitos para Obtenção da Qualificação

O curso está organizado em 6 áreas científicas, 5 obrigatórias (Ciências Fisico-Químicas, Ciências Biológicas e Biomédicas, Ciências Farmacêuticas, Matemática e Estágio) e uma opcional, com a duração de 5 anos (10 semestres lectivos).
Para conclusão do ciclo de estudos deverá o estudante fazer um estágio curricular com 34 ECTS, sendo o número total de créditos, necessários à obtenção do grau ou diploma - 300 ECTS - 10 semestres - 5 anos.

Plano de Estudos
Avisos de Abertura
Calendário
1º Semestre
Data de início: 11-09-2017
Data de fim: 21-12-2017
2º Semestre
Data de início: 05-02-2018
Data de fim: 30-05-2018
Acreditações
- A3ES
Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
Período(s)
  • 2017-09-20 a 2023-09-19
R/A-Ef 1629/2011 - DGES
Direcção Geral de Ensino Superior
Período(s)
  • 2011-03-18